Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Não Tempo, Acaba Não e muito mais!

Excerto de "O Amor Esquece de Começar", de Fabrício Carpinejar. "Quem conta beijos e olha o relógio insistentemente não está vivo para dar tempo. Deveria dar distância; tempo, não. Tempo se consome, acaba, não é mercadoria, não é corpo." - Para ler mais visualize em: www.camilalispector.blogspot.com

"Através de seus graves defeitos - que um dia ela talvez pudesse mencionar sem se vangloriar - é que chegara agora a poder amar. Até aquela glorificação: ela amava o Nada. A consciência de sua permanente queda humana levava ao amor do Nada. E aquelas quedas - como as de Cristo que várias vezes caiu ao peso da cruz - e aquelas quedas é que começavam a fazer a sua vida. Leia mais em: www.camilalispector.blogspot.com

O POETA DIZ A VERDADE Quero chorar minha mágoa e digo-te para que tu me ames e me chores em um anoitecer de rouxinois, com um punhal, com beijos e contigo. Quero matar a única testemunha para o assassinato de minhas flores e converter meu pranto e meus suores em eterno montão de duro trigo. Que não acabe nunca a madeixa do bem me quer, mal me quer, sempre ardida com decrépito sol e lua velha. A postagem completa você visualiza em: www.camilalispector.blogspot.com

★ NEW POST NO BLOG ★: Tecendo a Manhã - João Cabral de Melo Neto Você visualiza a postagem completa em: www.camilalispector.blogspot.com

Uso a palavra para compor meus silêncios. Não gosto das palabras fatigadas de informar. Dou mais respeito às que vivem de barriga no chão tipo água pedra sapo. Entendo bem o sotaque das águas. Dou respeito às coisas desimportantes e aos seres desimportantes. Prezo insetos mais que aviões. Prezo a velocidade das tartarugas mais que a dos mísseis. Tenho em mim esse atraso de nascença. Eu fui aparelhado para gostar de passarinhos. Leia mais em…

'linha severa da longinqua costa - /quando a nau se approxima ergue-se a encosta /em árvores onde o longe nada tinha; /mais perto, abre-se a terra em sons e cores: /e, no desembarcar, ha aves, flores, /onde era só, de longe, a abstracta linha'. (trecho de mensagem, fernando pessoa)

Escrevo para refletir a minha alma

Dia Nacional da Poesia (A palavra, de Carlos Drummond de Andrade)

A RECEITA Ingredientes dois conflitos de gerações quatro esperanças perdidas três litros de sangue fervido cinco sonhos eróticos duas canções dos beatles Modo de Preparar dissolva os sonhos eróticos nos três litros de sangue fervido e deixe gelar seu coração leve a mistura ao fogo adicionando dois conflitos de gerações às esperanças perdidas A postagem completa você visualiza em: www.camilalispector.blogspot.com