Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore De Quinze, Quinze Anos e muito mais!

Primeiro livro da trilogia As areias do Imperador, Mulheres de cinzas é um romance histórico sobre a época em que o sul de Moçambique era governado por Ngungunyane, o último grande líder do Estado de Gaza. Em fins do século XIX, o sargento português Germano de Melo foi enviado ao vilarejo de Nkokolani para participar da batalha contra o imperador que ameaçava o domínio colonial. Lá, ele encontra Imani, uma garota local de quinze anos que lhe servirá de intérprete. Enquanto um dos irmãos da…

de Catraca Livre

Chico Buarque lê trecho de seu novo romance, 'O Irmão Alemão'

Depois de cinco anos desde o lançamento de “Leite Derramado”, Chico Buarque está de volta à literatura com um novo romance: “O Irmão Alemão”. Na manhã desta segunda-feira, dia 3, a editora Companhia das Letras divulgou um vídeo no qual o autor faz a leitura de um trecho da obra.

Mar Morto - livro de jorge amado

Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis.

de pulaumalinha paragrafo

Grande Sertão: Veredas

Mas sabe aqueles momentos em que, para descansar da leitura, você começa a ler a sinopse, a introdução, a orelha do livro? Pois então, numa dessas, abri a orelha do livro e o que encontrei senão uma dedicatória da minha mãe? - http://pulaumalinhaparagrafo.wordpress.com/2012/07/06/grande-sertao-veredas/#

de Catraca Livre

"Dom Casmurro", de Machado de Assis, ganha versão em graphic novel

Um dos maiores clássicos da literatura brasileira, “Dom casmurro”, romance escrito por Machado de Assis em 1899, ganhou versão em graphic novel adaptada pelo escritor Felipe Grecco e pelo ilustrador Mario Cau.

de BuzzFeed

40 livros que vão fazer você morrer de saudades da infância

O Gênio do Crime, João Carlos Marinho | 40 livros que vão fazer você morrer de saudades da infância

O filme aborda o cotidiano da extinta "Casa de Detenção", mais conhecida por Carandiru (por se localizar no bairro de mesmo nome na cidade de São Paulo), antes e durante o massacre ocorrido em 2 de outubro de 1992, em que 111 presos foram mortos.

Ensaio.Uma das mais belas histórias que já li.

O retorno de Marianinho a Luar-do-Chão não é exatamente uma volta às suas origens. Ao chegar à ilha natal, incumbido de comandar as cerimônias fúnebres do avô Mariano - de quem recebeu o mesmo nome e de quem era o neto favorito -, ele se descobre um estranho tanto entre os de sua família quanto entre os de sua raça, pois na cidade adquiriu hábitos de um branco. Aos poucos, Marianinho percebe que voltou à ilha para um renascimento.