Explore Seu Período, Há Cinco e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Longe da TV há cinco anos, Ana Paula Arósio saiu do seu período de reclusão para torcer pelo marido,... - Instagram

Longe da TV há cinco anos, Ana Paula Arósio saiu do seu período de reclusão para torcer pelo marido,... - Instagram

Chá de casca de laranja com cravo-da-índia combate enxaqueca e reduz colesterol | Cura pela Natureza

Chá de casca de laranja com cravo-da-índia combate enxaqueca e reduz colesterol | Cura pela Natureza

Eva Tudor, Tonia Carrero, Eva Wilma, Leila Diniz, Odete Lara e Norma Benguel abrem uma passeata contra a censura, no longínquo ano de 1968. A foto é da Agencia JB. https://espacomorgenlicht.wordpress.com/category/rio-de-janeiro-2/

Eva Tudor, Tonia Carrero, Eva Wilma, Leila Diniz, Odete Lara e Norma Benguel abrem uma passeata contra a censura, no longínquo ano de 1968. A foto é da Agencia JB. https://espacomorgenlicht.wordpress.com/category/rio-de-janeiro-2/

Duas mulheres trabalham do lado de fora de restaurante, em foto tirada entre 1900 e 1916. A imagem faz parte de uma coleção espacial da Biblioteca do Congresso dos EUA, mostrando como mulheres trabalhando nesse período de mudanças, de um moinho na Inglaterra a uma mina de carvão na Bélgica ou uma linha de montagem em Detroit

Duas mulheres trabalham do lado de fora de restaurante, em foto tirada entre 1900 e 1916. A imagem faz parte de uma coleção espacial da Biblioteca do Congresso dos EUA, mostrando como mulheres trabalhando nesse período de mudanças, de um moinho na Inglaterra a uma mina de carvão na Bélgica ou uma linha de montagem em Detroit

Passeata de artistas contra a censura. A partir da esquerda Tônia Carreiro, Eva Wilma, Odete Lara, Norma Benguell e Cacilda Becker. Rio de Janeiro, 13 de fevereiro de 1968. Correio da Manhã, Arquivo Nacional.

Passeata de artistas contra a censura. A partir da esquerda Tônia Carreiro, Eva Wilma, Odete Lara, Norma Benguell e Cacilda Becker. Rio de Janeiro, 13 de fevereiro de 1968. Correio da Manhã, Arquivo Nacional.

Chá para desinchar o abdômen e baixar o peso. Ingredientes: 2 pedaços de canela em pau. 3 limões frescos cortados com a casca. 1 pedaço de gengibre (4 ou 5 cm). 750 ml de água pura. Modo de preparo: Coloque a água para ferver. Ao levantar fervura, adicione os demais ingredientes. Abaixe o fogo e deixe ferver por 25 min. Desligue o fogo, espere esfriar, coe e beba a 1ª xícara. Tome as outras 2 no mesmo dia, de 6 / 6 hs. Se quiser, adicione folhas frescas de hortelã com o chá ainda quente.

Chá para desinchar o abdômen e baixar o peso. Ingredientes: 2 pedaços de canela em pau. 3 limões frescos cortados com a casca. 1 pedaço de gengibre (4 ou 5 cm). 750 ml de água pura. Modo de preparo: Coloque a água para ferver. Ao levantar fervura, adicione os demais ingredientes. Abaixe o fogo e deixe ferver por 25 min. Desligue o fogo, espere esfriar, coe e beba a 1ª xícara. Tome as outras 2 no mesmo dia, de 6 / 6 hs. Se quiser, adicione folhas frescas de hortelã com o chá ainda quente.

Estes são os sinais de que seu sangue está com excesso de açúcar - e como resolver o problema! | Cura pela Natureza

Estes são os sinais de que seu sangue está com excesso de açúcar - e como resolver o problema! | Cura pela Natureza

O alecrim é um arbusto que atinge de 50 cm até 2 metros de altura, com folhas coriáceas (com aparência de couro), resinosas, lineares e verde-escuras na parte superior e verde-acinzentadas na inferior.

O alecrim é um arbusto que atinge de 50 cm até 2 metros de altura, com folhas coriáceas (com aparência de couro), resinosas, lineares e verde-escuras na parte superior e verde-acinzentadas na inferior.

Estamos trazendo para você mais uma receita superespecial.

Estamos trazendo para você mais uma receita superespecial.

Benefícios do gengibre..

Benefícios do gengibre..

Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Pesquisar