Explore Poesias Sem, Sem Fim e muito mais!

Desenho; Poesias sem Fim

Desenho; Poesias sem Fim

20 crianças que mereciam um prêmio Nobel pelos bilhetes que escreveram

20 crianças que mereciam um prêmio Nobel pelos bilhetes que escreveram

Prêmio Nobel da Gratidão Violenta.kkkkkkkk | 20 crianças que mereciam um prêmio Nobel pelos bilhetes que escreveram

É tão fácil dizer à uma mulher: "vocé é linda". É tão fácil dizer a um homem: "você é o cara". Quantas vezes ouvimos alguém nos dizer: "você é amoroso(a); você é generoso(a); você é corajoso(a); você é autêntico(a)? Quantas são as qualidades desprezadas e elogios não ditos, como se só nos fosse compreensível ser "o cara", ser "linda"? Acreditamos mesmo que isso nos basta? Isso nos resume? Que qualidades você diria a você mesmo(a) diante do espelho? As que você sabe que tem, as que você tem

É tão fácil dizer à uma mulher: "vocé é linda". É tão fácil dizer a um homem: "você é o cara". Quantas vezes ouvimos alguém nos dizer: "você é amoroso(a); você é generoso(a); você é corajoso(a); você é autêntico(a)? Quantas são as qualidades desprezadas e elogios não ditos, como se só nos fosse compreensível ser "o cara", ser "linda"? Acreditamos mesmo que isso nos basta? Isso nos resume? Que qualidades você diria a você mesmo(a) diante do espelho? As que você sabe que tem, as que você tem

O que considero mais louco na natureza, é que ela não privilegia a nenhum de seus componentes. A natureza se equilibra constantemente buscando o ÓTIMO para todos, nunca a excelência de uns em detrimento de outros. Como seres naturais, saímos da regra natural. Não nos encaixamos neste planeta. Queremos que ele se adapte a nós e não nós a ele. Como ele é muito maior do que nossa efêmera e escrota existência, nos vingamos e, por raiva, o destruímos.

O que considero mais louco na natureza, é que ela não privilegia a nenhum de seus componentes. A natureza se equilibra constantemente buscando o ÓTIMO para todos, nunca a excelência de uns em detrimento de outros. Como seres naturais, saímos da regra natural. Não nos encaixamos neste planeta. Queremos que ele se adapte a nós e não nós a ele. Como ele é muito maior do que nossa efêmera e escrota existência, nos vingamos e, por raiva, o destruímos.

Me ensinaram que se eu quisesse algo, teria que correr para buscar. Então corri, corri tanto que as coisas que me queriam não me alcançavam. Eu me sentia o próprio universo em expansão, quanto maior e mais rápido, mais distante. Me ensinaram que nada cairia do céu. É verdade, fui percebendo que as coisas não caem do céu, elas pousam no meu colo. Portanto, entre correr por correr, ou esperar caminhando, sigo dando a chance para que a oportunidade me alcance.

Me ensinaram que se eu quisesse algo, teria que correr para buscar. Então corri, corri tanto que as coisas que me queriam não me alcançavam. Eu me sentia o próprio universo em expansão, quanto maior e mais rápido, mais distante. Me ensinaram que nada cairia do céu. É verdade, fui percebendo que as coisas não caem do céu, elas pousam no meu colo. Portanto, entre correr por correr, ou esperar caminhando, sigo dando a chance para que a oportunidade me alcance.

Aniversário traz reflexões. Escrevemos, lemos, batalhamos, e o que muda é o que a vida quer mudar. Ela leva. O que é para ser, é. O que não é, não será. Todos os nossos esforços são válidos. Importante saber que ainda assim eles são apenas uma forcinha. Há uma soberania no curso da vida que parece não depender de nós. E outra que só depende de nós. Quero dois presente...

Aniversário traz reflexões. Escrevemos, lemos, batalhamos, e o que muda é o que a vida quer mudar. Ela leva. O que é para ser, é. O que não é, não será. Todos os nossos esforços são válidos. Importante saber que ainda assim eles são apenas uma forcinha. Há uma soberania no curso da vida que parece não depender de nós. E outra que só depende de nós. Quero dois presente...

O cruel padrão de beleza imposto pela sociedade tem envenenado a alma das pessoas. Por nos fixarmos tanto na imagem externa, esquecemos de dar valor à nossa essência, aos nossos talentos, às coisas que nos tornam únicas e especiais. E então nos encolhemos no casulo do medo e da insegurança. Devemos redescobrir a capacidade de amar a nós mesmas pelo que somos e não pelo que aparentamos.

O cruel padrão de beleza imposto pela sociedade tem envenenado a alma das pessoas. Por nos fixarmos tanto na imagem externa, esquecemos de dar valor à nossa essência, aos nossos talentos, às coisas que nos tornam únicas e especiais. E então nos encolhemos no casulo do medo e da insegurança. Devemos redescobrir a capacidade de amar a nós mesmas pelo que somos e não pelo que aparentamos.

Precisando urgentemente... Excluir muita gente da minha vida...

Precisando urgentemente... Excluir muita gente da minha vida...

As palavras "condensado" e "moça" são inseparáveis nos doces deleites do meu imaginário.

As palavras "condensado" e "moça" são inseparáveis nos doces deleites do meu imaginário.

Viver o sonho é tirá-lo das nuvens e trazê-lo para o dia-a-dia, fazendo o que é necessário para formar os alicerces que tornarão possível realizá-lo. E depois de realizado, celebrar, curtir o que tanto o motivou para conquistar sua nova realidade. Sonhe livremente nas nuvens, estude e trabalhe trilhando fortemente o seu chão.

Viver o sonho é tirá-lo das nuvens e trazê-lo para o dia-a-dia, fazendo o que é necessário para formar os alicerces que tornarão possível realizá-lo. E depois de realizado, celebrar, curtir o que tanto o motivou para conquistar sua nova realidade. Sonhe livremente nas nuvens, estude e trabalhe trilhando fortemente o seu chão.

Pinterest
Pesquisar