Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Petrobras, Sociedade e muito mais!

PF intima 12 empresas acusadas por doleiro de pagar propinas para vencer licitações na Petrobras | Crateús Noticias

PF intima 12 empresas acusadas por doleiro de pagar propinas para vencer licitações na Petrobras | Crateús Noticias

Segundo Lauro Jardim, criminalistas que atuam em defesas da Lava Jato comemoram a delação de Fernando Baiano; para eles, ao expor o que seriam mentiras contadas por Paulo Roberto Costa, pode ter o efeito de anular o acordo feito entre o ex-diretor da Petrobras e a Justiça; ele poderia voltar à prisão e o que relatou poderia tornar-se inválido, diz

Segundo Lauro Jardim, criminalistas que atuam em defesas da Lava Jato comemoram a delação de Fernando Baiano; para eles, ao expor o que seriam mentiras contadas por Paulo Roberto Costa, pode ter o efeito de anular o acordo feito entre o ex-diretor da Petrobras e a Justiça; ele poderia voltar à prisão e o que relatou poderia tornar-se inválido, diz

Delator do Mensalão – Nilton Monteiro - diz que filho de FHC Paulo Henrique recebia propina da Light, e Propinoduto vem desde governo Franco Montoro em 1983....

Delator do Mensalão – Nilton Monteiro - diz que filho de FHC Paulo Henrique recebia propina da Light, e Propinoduto vem desde governo Franco Montoro em 1983....

Investigada na Lava Jato por ser beneficiária de uma das contas secretas do pai no exterior, por onde teriam passado milhões em propina, Danielle Cunha presta serviços ao deputado Hugo Motta (PMDB-PB), que preside a CPI da Petrobras; comissão apura os desvios na estatal e, em tese, o que ela própria e seu pai estão envolvidos

Investigada na Lava Jato por ser beneficiária de uma das contas secretas do pai no exterior, por onde teriam passado milhões em propina, Danielle Cunha presta serviços ao deputado Hugo Motta (PMDB-PB), que preside a CPI da Petrobras; comissão apura os desvios na estatal e, em tese, o que ela própria e seu pai estão envolvidos

Para o presidente e fundador do Partido Novo, o país deve privatizar as empresas estatais, como Petrobras e Banco do Brasil, para melhorar a gestão do setor público

João Dionísio Amoedo: "A gente quer acabar com os privilégios"

Para o presidente e fundador do Partido Novo, o país deve privatizar as empresas estatais, como Petrobras e Banco do Brasil, para melhorar a gestão do setor público

Em discurso no Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ) afirma que as revelações do ex-presidente que constam no livro "Diários da Presidência" demonstram duas coisas: a corrupção na Petrobras começou muito antes dos governos petistas — e os tucanos, hoje "indignados", não fizeram nada para detê-la, apesar de saberem de sua existência; segundo, o ex-presidente cometeu o delito de prevaricação, já que qualquer pessoa em exercício de função pública tem o dever de denunciar qualquer ato ilícito de que…

Em discurso no Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ) afirma que as revelações do ex-presidente que constam no livro "Diários da Presidência" demonstram duas coisas: a corrupção na Petrobras começou muito antes dos governos petistas — e os tucanos, hoje "indignados", não fizeram nada para detê-la, apesar de saberem de sua existência; segundo, o ex-presidente cometeu o delito de prevaricação, já que qualquer pessoa em exercício de função pública tem o dever de denunciar qualquer ato ilícito de que…

O petista, líder do governo até esta quarta-feira, foi ministro de Itamar Franco e diretor da Petrobras

O petista, líder do governo até esta quarta-feira, foi ministro de Itamar Franco e diretor da Petrobras

Políticos do PP receberam ‘mesada’ de até R$ 750 mil desviados da Petrobras, diz Youssef | Brasil | Notícias | VEJA.com

Políticos do PP receberam ‘mesada’ de até R$ 750 mil desviados da Petrobras, diz Youssef

Políticos do PP receberam ‘mesada’ de até R$ 750 mil desviados da Petrobras, diz Youssef | Brasil | Notícias | VEJA.com

Em seu livro de memórias, o ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso fez a confissão de que tinha todos os meios para investigar um esquema de corrupção na direção da Petrobras e não tomou nenhuma providência a respeito; para o jornalista Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília, ele "prestou um inestimável serviço ao país": "O que se expressou, na atitude de FHC, foi uma moral de ocasião, de quem desperdiçou uma ótima oportunidade para estimular um debate honesto sobre a…

Em seu livro de memórias, o ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso fez a confissão de que tinha todos os meios para investigar um esquema de corrupção na direção da Petrobras e não tomou nenhuma providência a respeito; para o jornalista Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília, ele "prestou um inestimável serviço ao país": "O que se expressou, na atitude de FHC, foi uma moral de ocasião, de quem desperdiçou uma ótima oportunidade para estimular um debate honesto sobre a…

Procurador-geral, responsável por investigação de políticos em escândalo da Petrobras, é aprovado no Senado por 59 votos a 12 e ficará no posto máximo do Ministério Público por mais dois anos

“Pau que dá em Chico dá em Francisco”, diz Janot sobre Lava Jato

Procurador-geral, responsável por investigação de políticos em escândalo da Petrobras, é aprovado no Senado por 59 votos a 12 e ficará no posto máximo do Ministério Público por mais dois anos

"Fernando Henrique não precisa de escada em mim para poder promover o livro dele", disse o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); "Mas eu, por questão de educação, não vou remeter a fatos pretéritos da época em que eu estava na Telerj"; num novo livro, FHC disse ter rejeitado a pressão para nomear Cunha a uma diretoria da Petrobras; numa coluna publicada ontem, o jornalista Janio de Freitas argumentou que Cunha, enquanto esteve na Telerj, pagou mesada a tucanos graduados

"Fernando Henrique não precisa de escada em mim para poder promover o livro dele", disse o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); "Mas eu, por questão de educação, não vou remeter a fatos pretéritos da época em que eu estava na Telerj"; num novo livro, FHC disse ter rejeitado a pressão para nomear Cunha a uma diretoria da Petrobras; numa coluna publicada ontem, o jornalista Janio de Freitas argumentou que Cunha, enquanto esteve na Telerj, pagou mesada a tucanos graduados

Em entrevista ao jornal espanhol El País, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), um dos 34 congressistas investigados pelo Supremo Tribunal Federal por suposto envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras, disse que a "porteira da corrupção" na estatal foi aberta pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB); "Desde que alteraram o regulamento de licitações da Petrobras. Ela deixou de obedecer a Lei 8666 [das licitações públicas] e passou a ter um regulamento próprio…

Em entrevista ao jornal espanhol El País, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), um dos 34 congressistas investigados pelo Supremo Tribunal Federal por suposto envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras, disse que a "porteira da corrupção" na estatal foi aberta pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB); "Desde que alteraram o regulamento de licitações da Petrobras. Ela deixou de obedecer a Lei 8666 [das licitações públicas] e passou a ter um regulamento próprio…

BRASILIA, DF, BRASIL, 05-05-2015, 15h00: Depoimento do ex diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa na CPI da Petrobras na câmara. O deputado Hugo Motta (PMDB-PB) preside a sessão e o relator é o dep. Luiz Sergio (PT-RJ). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER)

Em primeira entrevista após deixar a prisão, delator diz se sentir 'leproso'

BRASILIA, DF, BRASIL, 05-05-2015, 15h00: Depoimento do ex diretor de abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa na CPI da Petrobras na câmara. O deputado Hugo Motta (PMDB-PB) preside a sessão e o relator é o dep. Luiz Sergio (PT-RJ). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress, PODER)

O objetivo da investigação é obter detalhes da movimentação financeira do deputado e do possível uso irregular de empresas como Jesus.com, C3 Produções e Rádio Satélite. Cunha está sendo acusado de manter contas secretas no exterior, abastecidas com recursos de desvios de dinheiro da Petrobras.

STF autoriza quebra de sigilo bancário e fiscal de Eduardo Cunha

O objetivo da investigação é obter detalhes da movimentação financeira do deputado e do possível uso irregular de empresas como Jesus.com, C3 Produções e Rádio Satélite. Cunha está sendo acusado de manter contas secretas no exterior, abastecidas com recursos de desvios de dinheiro da Petrobras.

Senador Delcídio Amaral (MS), que foi do PSDB antes de se filiar ao PT, teria recebido vantagens ilícitas num contrato de US$ 500 milhões, fechado quando era diretor de Gás e Energia da Petrobras; valor teria sido pago pela Alstom, envolvida em escândalos de financiamento ilegal ao PSDB, e pela GE; revelação foi feita no mesmo dia em que a PF deflagra a Operação Sangue Negro para apurar esquemas de corrupção na Petrobras desde 1997, ou seja, quando FHC era presidente; questionado a…

Senador Delcídio Amaral (MS), que foi do PSDB antes de se filiar ao PT, teria recebido vantagens ilícitas num contrato de US$ 500 milhões, fechado quando era diretor de Gás e Energia da Petrobras; valor teria sido pago pela Alstom, envolvida em escândalos de financiamento ilegal ao PSDB, e pela GE; revelação foi feita no mesmo dia em que a PF deflagra a Operação Sangue Negro para apurar esquemas de corrupção na Petrobras desde 1997, ou seja, quando FHC era presidente; questionado a…

FH foi alertado de que Petrobras era um ‘escândalo’ - Jornal O Globo

FH foi alertado de que Petrobras era um ‘escândalo’

FH foi alertado de que Petrobras era um ‘escândalo’ - Jornal O Globo