Explore Correntes e muito mais!

Correntes

Correntes

Mortal Kombat

Mortal Kombat

Thanks to all the women who have fought for our rights.

Thanks to all the women who have fought for our rights.

Vivemos presos a muitas coisas!tem medo de você .E mesmo que não queira admite,vive uma prisão de conforto,muitos lhe aturam e poucos te gosta,você luta para que as pessoas vejam quem você é!elas te pintam como a pior pessoa.Chega uma hora que tudo lhe sufoca e chora,perde o sono e não me deixa dormir,infelizmente divido a mesma gaiola,as vezes mesmo estando perto não consigo me aproximar dizer o que sinto.A pessoa quer vejo dentro dessa gaiola e diferente do que as pessoas pintam você

Vivemos presos a muitas coisas!tem medo de você .E mesmo que não queira admite,vive uma prisão de conforto,muitos lhe aturam e poucos te gosta,você luta para que as pessoas vejam quem você é!elas te pintam como a pior pessoa.Chega uma hora que tudo lhe sufoca e chora,perde o sono e não me deixa dormir,infelizmente divido a mesma gaiola,as vezes mesmo estando perto não consigo me aproximar dizer o que sinto.A pessoa quer vejo dentro dessa gaiola e diferente do que as pessoas pintam você

Nossa #diversidade apoia nossas #liberdades individuais ... Enquanto suas sociedades continuam a tentar ditar e impor o #comportamento #humano para agradar a maioria — por causa de sua diversidade, continua a ser uma #luta incômoda que, novamente e novamente, cai do seu peso #econômico. Simplesmente não há #dinheiro suficiente no mundo para conter as #correntes #naturais da #liberdade #individual e de #independência de #pensamento.” Abraham-Hicks [Extraído do livro "O Vórtice"]

Nossa #diversidade apoia nossas #liberdades individuais ... Enquanto suas sociedades continuam a tentar ditar e impor o #comportamento #humano para agradar a maioria — por causa de sua diversidade, continua a ser uma #luta incômoda que, novamente e novamente, cai do seu peso #econômico. Simplesmente não há #dinheiro suficiente no mundo para conter as #correntes #naturais da #liberdade #individual e de #independência de #pensamento.” Abraham-Hicks [Extraído do livro "O Vórtice"]

ECO-ração   d São Jorge adaptada por TTCatalao e ilustraçao ZeRicardo - o meio ambiente na luta contra correntes venenos e flagelos dos poderes

ECO-ração d São Jorge adaptada por TTCatalao e ilustraçao ZeRicardo - o meio ambiente na luta contra correntes venenos e flagelos dos poderes

Negro Marrom, Haiti. Revoltas a partir de 1791 inspiradas na Revolução Francesa, culminaram com a tomada do poder por ex-escravos. A independência foi em 1804. O monumento Negro Marrom é chamado de escravo desconhecido, criado pelo escultor Albert Mangones em 1969, foi encomenda de Duvalier em comemoração à revolta escrava e independência. A figura usa uma concha como trombeta para convocar os negros à luta. A perna esquerda estendida tem correntes quebradas e a mão direita segura um facão.

Negro Marrom, Haiti. Revoltas a partir de 1791 inspiradas na Revolução Francesa, culminaram com a tomada do poder por ex-escravos. A independência foi em 1804. O monumento Negro Marrom é chamado de escravo desconhecido, criado pelo escultor Albert Mangones em 1969, foi encomenda de Duvalier em comemoração à revolta escrava e independência. A figura usa uma concha como trombeta para convocar os negros à luta. A perna esquerda estendida tem correntes quebradas e a mão direita segura um facão.

Luta do dia: como usar body chain

Luta do Dia: body chain com crop top!

Luta do dia: como usar body chain

...""...estamos em maior ou menor grau escravizados, uns tem consciencia de suas correntes, outros nem isso ..." - =  ver + FACE ANON H$Geografia e Luta - Prof.Mazucheli: Quem bebe a água dos pobres

...""...estamos em maior ou menor grau escravizados, uns tem consciencia de suas correntes, outros nem isso ..." - = ver + FACE ANON H$Geografia e Luta - Prof.Mazucheli: Quem bebe a água dos pobres

Águas de Pontal: Como lutar por um Brasil mais ético e justo?

Águas de Pontal: Como lutar por um Brasil mais ético e justo?

Pinterest
Pesquisar