Explore Abaixar, Enrolados e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Império: O colarinho da camisa era virado pra cima, com as duas pontas projetadas sobre o rosto, firmadas por um lenço chamado de plastrom, que eram quadrados de gaze, musselina ou seda dobrados em forma de tira e enrolados em volta do pescoço. Essa tira, de tão dura, tornava quase impossível virar ou abaixar a cabeça, o que contribuía para a fama arrogante do dandi.

Império: O colarinho da camisa era virado pra cima, com as duas pontas projetadas sobre o rosto, firmadas por um lenço chamado de plastrom, que eram quadrados de gaze, musselina ou seda dobrados em forma de tira e enrolados em volta do pescoço. Essa tira, de tão dura, tornava quase impossível virar ou abaixar a cabeça, o que contribuía para a fama arrogante do dandi.

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência  Império Na moda feminina, era usado uma espécie de camisola leve, decotada que ia até os tornozelos com uma saia de formato em “A”, tinha cintura alta (logo abaixo do busto), e pequenas mangas bufantes. As roupas diurnas poderiam ter golas, mangas e nenhum enfeite. Havia também gradações de vestidos como: vestido da tarde, vestido de caminhar, vestido de viajar, etc.

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Império Na moda feminina, era usado uma espécie de camisola leve, decotada que ia até os tornozelos com uma saia de formato em “A”, tinha cintura alta (logo abaixo do busto), e pequenas mangas bufantes. As roupas diurnas poderiam ter golas, mangas e nenhum enfeite. Havia também gradações de vestidos como: vestido da tarde, vestido de caminhar, vestido de viajar, etc.

Império Os trajes dandis eram muitas vezes, sendo as peças: casaca, colete, calções, casacos, um de cada cor. Os coletes eram curtos e de corte quadrado. Os botões ficavam abertos pra mostrar o babado da camisa. Durante o dia usavam-se calções justos por dentro das botas de montaria. À noite, meias de seda com scarpins. Também podiam usar calças largas que não mostravam o contorno das pernas.

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

Império Os trajes dandis eram muitas vezes, sendo as peças: casaca, colete, calções, casacos, um de cada cor. Os coletes eram curtos e de corte quadrado. Os botões ficavam abertos pra mostrar o babado da camisa. Durante o dia usavam-se calções justos por dentro das botas de montaria. À noite, meias de seda com scarpins. Também podiam usar calças largas que não mostravam o contorno das pernas.

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Diretório Eram finos e transparentes em musselina, cambraia ou morim e iam até os pés, sendo necessário o uso de malhas brancas ou cor de rosa por baixo para disfarçar a transparência. Havia pouca diferença da roupa para noite e da roupa para o dia, exceto pela qualidade dos tecidos. Nos pés as moças usavam sapatilhas sem salto ao estilo bailarina

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Diretório Eram finos e transparentes em musselina, cambraia ou morim e iam até os pés, sendo necessário o uso de malhas brancas ou cor de rosa por baixo para disfarçar a transparência. Havia pouca diferença da roupa para noite e da roupa para o dia, exceto pela qualidade dos tecidos. Nos pés as moças usavam sapatilhas sem salto ao estilo bailarina

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Diretório  Por conta do tecido dos vestidos serem finos, impossibilitou-se a presença dos bolsos, surgem então, as primeiras bolsas, chamadas de “retícula” (imagem à direita). Os penteados eram simples, repartidos ao meio, presos e com pequenos cachos. Era considerado elegante enfeitá-los com plumas de avestruz

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Diretório Por conta do tecido dos vestidos serem finos, impossibilitou-se a presença dos bolsos, surgem então, as primeiras bolsas, chamadas de “retícula” (imagem à direita). Os penteados eram simples, repartidos ao meio, presos e com pequenos cachos. Era considerado elegante enfeitá-los com plumas de avestruz

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência 1811 – 1820: Regência ou Era Georgiana: Transição do Neoclássico  para o Romântico Dentre essas mudanças, houve a volta definitiva e gradativa dos corsets em formato “pontudo”, mesmo para as meninas. As saias adquiriram formato de cone, se tornaram mais pesadas e a tinha babados ou adornos perto da barra.

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência 1811 – 1820: Regência ou Era Georgiana: Transição do Neoclássico para o Romântico Dentre essas mudanças, houve a volta definitiva e gradativa dos corsets em formato “pontudo”, mesmo para as meninas. As saias adquiriram formato de cone, se tornaram mais pesadas e a tinha babados ou adornos perto da barra.

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Império:George Bryan Brummel, foi o homem que definiu o estilo dandi. Ele se orgulhava de suas roupas não terem rugas e de suas calças se ajustarem à perna como se fosse sua própria pele.

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Império:George Bryan Brummel, foi o homem que definiu o estilo dandi. Ele se orgulhava de suas roupas não terem rugas e de suas calças se ajustarem à perna como se fosse sua própria pele.

Pinterest
Pesquisar