Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Virado Pra, Abaixar e muito mais!

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

Império: O colarinho da camisa era virado pra cima, com as duas pontas projetadas sobre o rosto, firmadas por um lenço chamado de plastrom, que eram quadrados de gaze, musselina ou seda dobrados em forma de tira e enrolados em volta do pescoço. Essa tira, de tão dura, tornava quase impossível virar ou abaixar a cabeça, o que contribuía para a fama arrogante do dandi.

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Império Na moda feminina, era usado uma espécie de camisola leve, decotada que ia até os tornozelos com uma saia de formato em “A”, tinha cintura alta (logo abaixo do busto), e pequenas mangas bufantes. As roupas diurnas poderiam ter golas, mangas e nenhum enfeite. Havia também gradações de vestidos como: vestido da tarde, vestido de caminhar, vestido de viajar, etc.

Mesmo antes da Revolução Francesa, havia um interesse por tudo que fosse inglês. Na época, os ingleses gostavam de passar o tempo em suas propriedades rurais e para isso adotaram uma forma simples de se vestir. Essa liberdade inglesa fez surgir na França uma onda de anglomania

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

Império Os trajes dandis eram muitas vezes, sendo as peças: casaca, colete, calções, casacos, um de cada cor. Os coletes eram curtos e de corte quadrado. Os botões ficavam abertos pra mostrar o babado da camisa. Durante o dia usavam-se calções justos por dentro das botas de montaria. À noite, meias de seda com scarpins. Também podiam usar calças largas que não mostravam o contorno das pernas.

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência 1811 – 1820: Regência ou Era Georgiana: Transição do Neoclássico para o Romântico Na moda masculina o estilo dandi se manteve e a silhueta masculina passa a se inspirar em heróis medievais, mantendo a cintura fina através de corsets, com os ombros largos e os quadris curvilíneos. Em 1820, o estilo gótico medieval estava firmemente instalado na moda e dá-se o fim da moda ao estilo Império.

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

Império:1804-1815 A Moda Império ou Neoclássica foi inspirada na Grécia antiga e teve seu ápice na coroação do Imperador Napoleão em 1804. Exceto nos tempos primitivos, na década de 20 e nos tempos atuais, nunca as mulheres haviam usado tão pouca roupa. Os trajes pareciam ter sido criados para um clima tropical e de fato, a Europa estava passando por uma época de temperaturas mais altas que o normal

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Império Os dandis usavam cartolas ou chapéu bicorne. Os cabelos eram curtos, ocasionalmente usavam costeletas ou bigodes

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência 1795 – 1799: Diretório No início da década de 1790, o traje dos homens – que era bem mais enfeitado do que o das mulheres, começou a perder a decoração superficial como as rendas e cores vivas. Esta mudança foi lenta, mas alterou completamente a roupa masculina que se tornou a partir de então, mais escura

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Diretório Eram finos e transparentes em musselina, cambraia ou morim e iam até os pés, sendo necessário o uso de malhas brancas ou cor de rosa por baixo para disfarçar a transparência. Havia pouca diferença da roupa para noite e da roupa para o dia, exceto pela qualidade dos tecidos. Nos pés as moças usavam sapatilhas sem salto ao estilo bailarina

O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência

.História da Moda.: O Século XVIII e XIX : Diretório, Império e Regência Diretório Por conta do tecido dos vestidos serem finos, impossibilitou-se a presença dos bolsos, surgem então, as primeiras bolsas, chamadas de “retícula” (imagem à direita). Os penteados eram simples, repartidos ao meio, presos e com pequenos cachos. Era considerado elegante enfeitá-los com plumas de avestruz