Explore essas ideias e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

#despertar Bem no fundo a consciência da humanidade é uma. Esta é uma certeza virtual porque até no vácuo a matéria é una e se não virmos isto, é porque nos estamos a cegar a nós mesmos para isso. ~ David Bohm, 1986

#despertar Bem no fundo a consciência da humanidade é uma. Esta é uma certeza virtual porque até no vácuo a matéria é una e se não virmos isto, é porque nos estamos a cegar a nós mesmos para isso. ~ David Bohm, 1986

#despertar Certos imitadores meus, na terra e acima da terra, são perigosos, como todos os plagiários, porque não conhecem o segredo da minha maneira de ser.. Talvez, no fundo imenso do abismo, Deus mesmo me busque, para que eu o complete, mas a maldição.. paira sobre ele e sobre mim, separa-nos quando nos devera unir, para que a vida e o que desejamos dela fossem uma só coisa. ~ Fernando Pessoa, A Hora do Diabo | individualist by Dyrk.Wyst, via Flickr

#despertar Certos imitadores meus, na terra e acima da terra, são perigosos, como todos os plagiários, porque não conhecem o segredo da minha maneira de ser.. Talvez, no fundo imenso do abismo, Deus mesmo me busque, para que eu o complete, mas a maldição.. paira sobre ele e sobre mim, separa-nos quando nos devera unir, para que a vida e o que desejamos dela fossem uma só coisa. ~ Fernando Pessoa, A Hora do Diabo | individualist by Dyrk.Wyst, via Flickr

Toda a metafísica é a procura da verdade, entendendo por Verdade, a verdade absoluta. ..Se existe fora das minhas sensações, é uma coisa de que eu nunca posso estar certo, não existe para mim portanto, é, para mim, não só o contrário da certeza, porque só das minhas sensações estou certo, mas o contrário de ser porque a única coisa que existe para mim são as minhas sensações. Fernando Pessoa  s.d. Textos Fil. . Vol. II Lisboa Ática 1968  Almada Negreiros, painel “Começar”, Gulbenkian, 1969

Toda a metafísica é a procura da verdade, entendendo por Verdade, a verdade absoluta. ..Se existe fora das minhas sensações, é uma coisa de que eu nunca posso estar certo, não existe para mim portanto, é, para mim, não só o contrário da certeza, porque só das minhas sensações estou certo, mas o contrário de ser porque a única coisa que existe para mim são as minhas sensações. Fernando Pessoa s.d. Textos Fil. . Vol. II Lisboa Ática 1968 Almada Negreiros, painel “Começar”, Gulbenkian, 1969

#despertar Deus deve agir e se derramar a si mesmo em nós quando estivermos prontos, por outras palavras quando estivermos totalmente vazios do 'eu'.” — Meister Eckhart, Eckhart Society – Seus Ensinamentos – Abdicarmos De Nós Mesmos – Sermão 4 www.eckhartsociet... eckhart/his-teachings; see Maurice O’C. Walshe, trans., The Complete Mystical Works of Meister Eckhart (New York: Crossroad Publishing Co., 2010).  foto: h.koppdelaney

#despertar Deus deve agir e se derramar a si mesmo em nós quando estivermos prontos, por outras palavras quando estivermos totalmente vazios do 'eu'.” — Meister Eckhart, Eckhart Society – Seus Ensinamentos – Abdicarmos De Nós Mesmos – Sermão 4 www.eckhartsociet... eckhart/his-teachings; see Maurice O’C. Walshe, trans., The Complete Mystical Works of Meister Eckhart (New York: Crossroad Publishing Co., 2010). foto: h.koppdelaney

"Nós não inventamos nada. Quando estamos a fazer um livro estamos a falar de nós mesmos. É você que está no livro, através daquelas vozes. Ou melhor, é apenas uma voz." ~ António Lobo Antunes, Tabu\Sol | Rembrandt van Rijn, Rembrandt’s Mother Reading, 1629

"Nós não inventamos nada. Quando estamos a fazer um livro estamos a falar de nós mesmos. É você que está no livro, através daquelas vozes. Ou melhor, é apenas uma voz." ~ António Lobo Antunes, Tabu\Sol | Rembrandt van Rijn, Rembrandt’s Mother Reading, 1629

A razão só sobe até aos deuses porque os deuses são racionais; não sobe até ao Logos, porque ali não há razão. (...) Politeísmo e monoteísmo são ambos como verdadeiros, depende do ponto da realidade de onde se olhe para eles. (...) A Bíblia [...] uma obra escrita em cifra transcendental. (...) Os conceitos expostos no ocultismo pertencem a um sistema de Realidade diferente da nossa. Fernando Pessoa 1915? Textos Filosóficos . Vol. II. Fernando Pessoa.   1966 by F.C. Gundlach

A razão só sobe até aos deuses porque os deuses são racionais; não sobe até ao Logos, porque ali não há razão. (...) Politeísmo e monoteísmo são ambos como verdadeiros, depende do ponto da realidade de onde se olhe para eles. (...) A Bíblia [...] uma obra escrita em cifra transcendental. (...) Os conceitos expostos no ocultismo pertencem a um sistema de Realidade diferente da nossa. Fernando Pessoa 1915? Textos Filosóficos . Vol. II. Fernando Pessoa. 1966 by F.C. Gundlach

#despertar A força material ainda é insuficiente para nos trazer à completude devido ao poder contemplativo em nós, que é milhares de vezes mais valioso que a força material em nós. Para os humanos há uma nova ordem de desenvolvimento gradual, ao contrário de qualquer outro animal; é o desenvolvimento gradual do pensamento humano. Sendo uma criatura social, o desenvolvimento individual não é suficiente. A perfeição derradeira de um depende de todos os membros da sociedade. ~ Baal HaSulam

#despertar A força material ainda é insuficiente para nos trazer à completude devido ao poder contemplativo em nós, que é milhares de vezes mais valioso que a força material em nós. Para os humanos há uma nova ordem de desenvolvimento gradual, ao contrário de qualquer outro animal; é o desenvolvimento gradual do pensamento humano. Sendo uma criatura social, o desenvolvimento individual não é suficiente. A perfeição derradeira de um depende de todos os membros da sociedade. ~ Baal HaSulam

Eu quero perder-me a mim mesmo no grupo.. como uma pessoa que ficou intoxicada ao ponto de não se lembrar ou compreender coisa alguma, eu perco a sensação do eu. E então eu começo a adquirir a sensação de nós, esta é já uma pequena medida do Kli antes da quebra, ou seja que volto a subir ao mundo de Einsof. Aprendemos que há um eixo descendo de Einsof ao nosso mundo ..e aqui começamos a subir. ~ in Segunda Lição da Convenção de Los Angeles, 2014-10-31 |  Michæl Paukner

Eu quero perder-me a mim mesmo no grupo.. como uma pessoa que ficou intoxicada ao ponto de não se lembrar ou compreender coisa alguma, eu perco a sensação do eu. E então eu começo a adquirir a sensação de nós, esta é já uma pequena medida do Kli antes da quebra, ou seja que volto a subir ao mundo de Einsof. Aprendemos que há um eixo descendo de Einsof ao nosso mundo ..e aqui começamos a subir. ~ in Segunda Lição da Convenção de Los Angeles, 2014-10-31 | Michæl Paukner

#despertar “Por inconcebível que pareça à nossa razão comum, todos nós – e todos os demais seres conscientes enquanto tais – estamos todos em todos. De modo que a vida que cada um de nós vive não é meramente uma porção da existência total, mas de certo modo é o todo” ~ Edwin Schrödinger, What is life? Mind and Matter, Cambridge University Press, 1980

#despertar “Por inconcebível que pareça à nossa razão comum, todos nós – e todos os demais seres conscientes enquanto tais – estamos todos em todos. De modo que a vida que cada um de nós vive não é meramente uma porção da existência total, mas de certo modo é o todo” ~ Edwin Schrödinger, What is life? Mind and Matter, Cambridge University Press, 1980

“Ah, se todo este mundo claro.. … Se isto é ilusão, porque é que isto está aqui? … Se isto não é, porque é que é? Se isto não pode ser, então porque pôde ser? … Gritai às alturas, Gritos pelos vales, Que a morte não tem importância nenhuma.. E que se tudo isto é um sonho, é a morte um sonho também.” — Álvaro de Campos s.d. “A Partida”. Álvaro de Campos - Livro de Versos . Fernando Pessoa. Lisboa: Estampa, 1993. - 27l. | << Repinned by @Cindy Burks

“Ah, se todo este mundo claro.. … Se isto é ilusão, porque é que isto está aqui? … Se isto não é, porque é que é? Se isto não pode ser, então porque pôde ser? … Gritai às alturas, Gritos pelos vales, Que a morte não tem importância nenhuma.. E que se tudo isto é um sonho, é a morte um sonho também.” — Álvaro de Campos s.d. “A Partida”. Álvaro de Campos - Livro de Versos . Fernando Pessoa. Lisboa: Estampa, 1993. - 27l. | << Repinned by @Cindy Burks

Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Search