Explore essas ideias e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Gravação do curta metragem “Corrupção de Maiores“ onde Luxã Nautilho vive personagem comediante de um "Velho Gagá" no curta metragem “Corrupção de Maiores”, que conduzido por seu neto para votar, encontra políticos pela rua que querem comprar seu voto, e na urna acaba esquecendo o número de candidato. O curta é resultado da Oficina de Roteiro para Cinema com o instrutor Kemuel Carvalheira, na Fundação Curro Velho, em Belém, agosto e setembro de 2014.

Pinterest
Pesquisar