Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Tatuagens, Guerreiros e muito mais!

Aries (Marte para os Romanos)Filho de Zeus e Hera. Embora muitas vezes tratado como o deus olímpico da guerra, ele é mais exatamente o deus da guerra selvagem, ou sede de sangue, ou matança personificada.Embora também a meia irmã de Ares, Atena, fosse uma deidade da guerra, a posição de Atena era de guerra estratégica, enquanto Ares tendia a ser a violência imprevisível da guerra.

Hermes era, na mitologia grega, um dos deuses olímpicos, filho de Zeus e de Maia, e possuidor de vários atributos. era deus da fertilidade, dos rebanhos, da magia, da divinação, das estradas e viagens, mensageiro dos deuses e patrono da ginástica, dos ladrões, dos diplomatas, dos comerciantes, da astronomia, da eloquência e de algumas formas de iniciação, além de ser o guia das almas dos mortos para o reino de Hades. Hermes foi assimilado ao deus Mercúrio, sofreu um sincretismo também com…

Anubis is one of the most iconic gods of ancient Egypt. Anubis is the Greek version of his name, the ancient Egyptians knew him as Anpu. He was originally a god of the underworld, but became associated specifically with the embalming process and funeral rites. His name is from the same root as the word for a royal child, "inpu".

Na Mitologia, Urânia (em grego: Ουρανία - A celestial) era a musa da Astronomia e da Astrologia. Segundo diversas fontes, era filha de Zeus e Mnemósine, ou de Urano, gerada sem mãe. Urânia era mãe de Lino, cujo pai era Apolo. É a mais nova de todas as musas.

Hera, Goddess of Marriage. I prefer her in this photo, primarily because she looks a bit bitchy. As she should.

Caos é a primeira divindade a surgir no universo, portanto a mais velha das formas de consciência divina. Os filhos de Caos nasceram de cisões assim como se reproduzem os seres unicelulares (mitose). Nyx (Noite) e Érebo (Escuridão) nasceram a partir de "pedaços" do Caos. Ou seja, Caos é o pai-mãe de Nix e Érebo, e "irmão-irmã" de Gaia, Tártaro, Anteros e Eros.

Na mitologia grega, Bia (em grego: βίη, "força") é a deusa do altruísmo, ânimo, disputas, força física e ira. Responsável pela emoção de violência nos mortais. Seu nome na mitologia romana é propriamente Violência (em latim Vis). Apesar do nome, é amante da justiça e punidora das trapaças.1 Filha do titã Palas com a ninfa Estige.2 Foi criada por seus pais as margens do seu rio materno no mundo inferior; vindo daí seu carácter forte e explosivo.

Na mitologia grega, o Makhai ("batalhas") foram os daemons (espíritos) de batalha e combate, e eram filhos ou filhas de Eris. Alguns de seus nomes eram: Homados (ruido de batalha), Alala (grito de guerra), Proioxis (avanço), Palioxis (precipitação) e Kydoimos (Confusão).

Palas é um dos Titãs da segunda geração, filho do titã Crio e de Euríbia, uma das filhas de Gaia e Pontos. Palas casou-se com Estige, a filha mais velha do titã Oceano e com ela gerou filhos poderosos: Cratos (o poder), Bia (a violência), Zelo (a fúria) e Nice (a vitória).

Mestra era uma filha de Erysichthon, o rei da Tessália. Ela tinha a capacidade de mudar sua forma à vontade, um presente de seu amante Poseidon. Seu pai explorado este presente, a fim de saciar a fome insaciável com o qual ele tinha sido amaldiçoado por Demeter por violar um bosque sagrado para a deusa. Erysichthon seria repetidamente vender Mestra de pretendentes para os preços noiva que iria pagar, só para ter retorno a casa da menina para seu pai na forma de vários animais.