Explore Literatura Brasileira, Linguagem e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Blog Top Jovem: Hoje faz 122 anos do nascimento de Graciliano Ramo...

Blog Top Jovem: Hoje faz 122 anos do nascimento de Graciliano Ramo...

Machado de Assis em 1890, no Rio de Janeiro, fotografado por Marc Ferrez. Bruxo do Cosme Velho. Homem do subterrâneo. Um mestre na periferia do capitalismo. São muitos os modos de se refererir a Machado de Assis. Negro pobre em 1800 no Rio de Janeiro, Poliglota! Embranqueceram ele em algumas propagandas e imagens por aí, como naquele comercial comédia da Caixa Econômica... Que inclusive teve que ser refeita depois. Joaquim Maria Machado de Assis, Salve

Machado de Assis em 1890, no Rio de Janeiro, fotografado por Marc Ferrez. Bruxo do Cosme Velho. Homem do subterrâneo. Um mestre na periferia do capitalismo. São muitos os modos de se refererir a Machado de Assis. Negro pobre em 1800 no Rio de Janeiro, Poliglota! Embranqueceram ele em algumas propagandas e imagens por aí, como naquele comercial comédia da Caixa Econômica... Que inclusive teve que ser refeita depois. Joaquim Maria Machado de Assis, Salve

Charles Bukowski

fomos todos mafalda

Charles Bukowski

Autor de Grande Sertão: Veredas, Guimarães Rosa é um dos maiores autores que o Brasil já viu. Nascido em Minas Gerais,  o escritor falava 8 idiomas. Foto: site elfikurten

Autor de Grande Sertão: Veredas, Guimarães Rosa é um dos maiores autores que o Brasil já viu. Nascido em Minas Gerais, o escritor falava 8 idiomas. Foto: site elfikurten

DEUS E SARAMAGO

DEUS E SARAMAGO

Clarice Lispector | RCUB

Clarice Lispector | RCUB

Armstrong e Pixinguinha

Armstrong e Pixinguinha

rachel-de-queiroz

rachel-de-queiroz

Adélia-Prado-zupi

Grandes mulheres na literatura

Adélia-Prado-zupi

(1893-1945) Foi um escritor brasileiro. Ícone do movimento modernista brasileiro, liderou a Semana de Arte Moderna de 1922 junto a Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral. Inovou ao romper com a tradição literária, como em 'Pauliceia desvairada'.  Revolucionou a literatura brasileira com sua crítica ácida, fosse retratando a alta sociedade, como em 'Amar, verbo intransitivo', ou reconstruindo o processo de civilização do país, que resultou em 'Macunaíma', sua maior obra. ―Mário de Andrade

(1893-1945) Foi um escritor brasileiro. Ícone do movimento modernista brasileiro, liderou a Semana de Arte Moderna de 1922 junto a Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral. Inovou ao romper com a tradição literária, como em 'Pauliceia desvairada'. Revolucionou a literatura brasileira com sua crítica ácida, fosse retratando a alta sociedade, como em 'Amar, verbo intransitivo', ou reconstruindo o processo de civilização do país, que resultou em 'Macunaíma', sua maior obra. ―Mário de Andrade

Pinterest
Pesquisar