Explore Barão De Mauá, Visconde e muito mais!

Monumento ao Visconde de Mauá na Praça Mauá, Rio de Janeiro. - Irineu Evangelista de Sousa

Monumento ao Visconde de Mauá na Praça Mauá, Rio de Janeiro. - Irineu Evangelista de Sousa

Barão de Mauá ou Visconde de Mauá (1813-1889) foi industrial e político brasileiro. Pioneiro da industrialização no Brasil. Foi um símbolo dos capitalistas empreendedores brasileiros do século XIX. Foi responsável por grandes obras como um Estaleiro, a Companhia Fluminense de Transporte e a primeira estrada de ferro ligando o Rio de Janeiro a Petrópolis. Investiu como sócio nas ferrovias de Recife e de Salvador que chegavam até o Rio São Francisco, entre vários outros empreendimentos.

Barão de Mauá

Barão de Mauá ou Visconde de Mauá (1813-1889) foi industrial e político brasileiro. Pioneiro da industrialização no Brasil. Foi um símbolo dos capitalistas empreendedores brasileiros do século XIX. Foi responsável por grandes obras como um Estaleiro, a Companhia Fluminense de Transporte e a primeira estrada de ferro ligando o Rio de Janeiro a Petrópolis. Investiu como sócio nas ferrovias de Recife e de Salvador que chegavam até o Rio São Francisco, entre vários outros empreendimentos.

Os Paraguaios vencidos pelo Exercito do Brasil- Guerra do Paraguai

Os Paraguaios vencidos pelo Exercito do Brasil- Guerra do Paraguai

A litografia de P. Bertichen mostra um grupo de empresários e senhoras da sociedade chegando para visitar o Estaleiro Ponta de Areia em Niterói. Ao fundo, um dos vapores construídos na indústria de Mauá.  O Estabelecimento de Fundição e Estaleiros Ponta da Areia foi uma das primeiras industrias de construção naval do Brasil, sendo criada pelo Barão de Mauá.

A litografia de P. Bertichen mostra um grupo de empresários e senhoras da sociedade chegando para visitar o Estaleiro Ponta de Areia em Niterói. Ao fundo, um dos vapores construídos na indústria de Mauá. O Estabelecimento de Fundição e Estaleiros Ponta da Areia foi uma das primeiras industrias de construção naval do Brasil, sendo criada pelo Barão de Mauá.

Casa do Barão de Mauá

Casa do Barão de Mauá

Locomotiva Baroneza, fabricada na Grã Bretanha foi a primeira a trafegar no Brasil e recebeu este nome em homenagem à esposa do então Barão de Mauá, Maria Joaquina Machado de Souza. Hoje encontra-se no Museu do Trem, no Rio de Janeiro, segunda metade do século XIX. acervo do Museu Imperial.   Em 30 de abril de 1854, Irineu Evangelista de Souza autorizou a partida da locomotiva a inaugurando, finalmente, o primeiro trecho da Estrada de Ferro Mauá.

Locomotiva Baroneza, fabricada na Grã Bretanha foi a primeira a trafegar no Brasil e recebeu este nome em homenagem à esposa do então Barão de Mauá, Maria Joaquina Machado de Souza. Hoje encontra-se no Museu do Trem, no Rio de Janeiro, segunda metade do século XIX. acervo do Museu Imperial. Em 30 de abril de 1854, Irineu Evangelista de Souza autorizou a partida da locomotiva a inaugurando, finalmente, o primeiro trecho da Estrada de Ferro Mauá.

Casarão histórico do Barão de Mauá

Casarão histórico do Barão de Mauá

Irineu Evangelista de Sousa – O barão de mauá. iniciativas privadas no Brasil: primeiro sistema ferroviário

Irineu Evangelista de Sousa – O barão de mauá. iniciativas privadas no Brasil: primeiro sistema ferroviário

O OBSERVADOR: Estação Barão de Mauá - Leopoldina Railway Carros do Cruzeiro do Sul com a Barão de Mauá ao fundo.

O OBSERVADOR: Estação Barão de Mauá - Leopoldina Railway Carros do Cruzeiro do Sul com a Barão de Mauá ao fundo.

Irineu Evangelista de Souza, Barão e depois Visconde de Mauá. O maior empresário do Império Brasileiro tornou-se exemplo de empreendedorismo na segunda metade do século XIX.

Irineu Evangelista de Souza, Barão e depois Visconde de Mauá. O maior empresário do Império Brasileiro tornou-se exemplo de empreendedorismo na segunda metade do século XIX.

Pinterest
Pesquisar