Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Espaço Comunidade, Muito Samba e muito mais!

de Catraca Livre

Discotecagem "Só com vinil" no Espaço Comunidade, na zona sul

O Espaço Comunidade promove, todo terceiro sábado de cada mês, às 18h, a sessão de discotecagem “Só com Vinil”, com muito samba rock, hip-hop, funk, jazz, samba, reggae e MPB

de Blog de decoração - Casa de Firulas

Casa de Firulas Visita: LEITE-COM

Casa de Firulas Visita: LEITE-COM - Blog de decoração - Casa de Firulas

de Casa

30 banheiros pequenos que fogem do convencional

Projetos dos arquitetos Saulo Szabó e Fernando Oliveira, este banheiro tem duas generosas bancadas de alvenaria: a tradicional, da pia, e uma dentro do boxe. A mistura de acabamentos inclui porcelanato e pastilhas de vidro. A decoração vem para aquecer com toques de madeira e fibra natural.

de revistacasaejardim.globo.com

Grafite em casa

Neste apê, a brisa leve vem das telas do fotógrafo Lufe Gomes, com registros de grafites de Nova York. Todos os demais elementos com cor se relacionam de alguma maneira com a obra, entre eles, o tapete de listras coloridas e a mesa de acrílico vermelho

de Catraca Livre

Somzeira de vinil no Boteco Pratododia

Pra quem curte ouvir um som vindo do vinil, o Boteco Pratododia tem uma programação, que vai de terça a domingo, e todos os dias o som sai da vitrola. Cada dia tem seus horários, programações, atrações e preços exclusivos.

de Histórias de Casa

Vida simples

Sala de estar com parede repleta de quadros e objetos de afeto da moradora. O sofá cinza e tapete kilim arrematam o ambiente.

Inspiração da noite para nós todos ❤ o famoso BBB bom, bonito e barato. Iluminação de trilhos sem precisar rebaixar gesso. Mesa e Sofá feitos de paletes e caixas de madeiras de feiras. Almofadas divertidas. Quadros que sejam a sua cara. Parede de cimento queimado que você mesmo pode fazer. Já existem tintas prontas que dão o efeito. Mãos à obra

de Forma : Plural

Trocando papel de parede por molduras

A ideia de muitas molduras distribuídas na parede me agrada muito, porque a liberdade de escolha para o "recheio" é enorme: fotos, gravuras, tecidos, cartões, recortes de revista. Dá até pra pensar...