Explore Professores, Olhos e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés. Conhecer o frio para desfrutar o calor. Um homem precisa ir para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver. (Amyr Klink)

Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés. Conhecer o frio para desfrutar o calor. Um homem precisa ir para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver. (Amyr Klink)

"Sinto-me mais feliz simplesmente por ser eu mesmo e deixar os outros serem eles mesmos" (Carl Rogers)

"Sinto-me mais feliz simplesmente por ser eu mesmo e deixar os outros serem eles mesmos" (Carl Rogers)

A concepção do que é bom varia de pessoa para pessoa. Nem sempre é bom ser bom para satisfazer as expectativas dos outros, pois assim podemos deixar de satisfazer as nossas próprias. Ser bom depende do que cada pessoa acredita que é bom para si.

A concepção do que é bom varia de pessoa para pessoa. Nem sempre é bom ser bom para satisfazer as expectativas dos outros, pois assim podemos deixar de satisfazer as nossas próprias. Ser bom depende do que cada pessoa acredita que é bom para si.

Já sonhei com a perfeição, hoje busco o equilíbrio.

Já sonhei com a perfeição, hoje busco o equilíbrio.

O outro, para nós, é grande parte das vezes, um “eu-outro”, ou um “outro-eu”, ou seja, uma projeção do eu sobre as associações que fazemos sobre o outro. Porém, o outro é muito mais que isso, o outro é um outro complexo.

O outro, para nós, é grande parte das vezes, um “eu-outro”, ou um “outro-eu”, ou seja, uma projeção do eu sobre as associações que fazemos sobre o outro. Porém, o outro é muito mais que isso, o outro é um outro complexo.

Nem sempre compreendemos o que os outros nos dizem, e nem sempre eles nos compreendem...

Nem sempre compreendemos o que os outros nos dizem, e nem sempre eles nos compreendem...

O ser é um constante vir-a-ser, estamos num constante processo de transformação, de nos tornar uma versão renovada de nós mesmos.

O ser é um constante vir-a-ser, estamos num constante processo de transformação, de nos tornar uma versão renovada de nós mesmos.

Fazemos escolhas e nos tornamos o que escolhemos. Se algo não está indo bem, faça novas escolhas, você é livre para escolher sua vida!

Fazemos escolhas e nos tornamos o que escolhemos. Se algo não está indo bem, faça novas escolhas, você é livre para escolher sua vida!

!

E de repente,um dia qualquer,acorda.os e percebemos que pode mos lidar com àquilo que julgávamos ser maior que nós mesmos. Porque não foram os abismos que diminuíram,mais nos que crescemos. (-Fabíola Simões )

Ser e conviver é um espaço online que atua em favor do autoconhecimento e da realização pessoal, oferecendo conteúdos, serviços e cursos que valorizam nossa liberdade de ser e o desenvolvimento de nossas potencialidades.  Acreditando no valor de cada pessoa em seu modo de ser autêntico, e na sua liberdade para fazer suas próprias escolhas, estimula a autonomia e o equilíbrio psíquico.

Ser e conviver é um espaço online que atua em favor do autoconhecimento e da realização pessoal, oferecendo conteúdos, serviços e cursos que valorizam nossa liberdade de ser e o desenvolvimento de nossas potencialidades. Acreditando no valor de cada pessoa em seu modo de ser autêntico, e na sua liberdade para fazer suas próprias escolhas, estimula a autonomia e o equilíbrio psíquico.

Pinterest
Pesquisar