Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore De Angra, Angra Dos e muito mais!

A entrega da nossa energia nuclear a interesses estrangeiros, em processos obscuros liderados por uma classe política irresponsável e corrupta, traz riscos à segurança da população. Além do prejuíz…

O ex-presidente Lula participou de ato dos funcionários do estaleiro Brasfels, em Angra dos Reis (RJ), nesta quinta-feira (17), em defesa da indústria naval. Ele alertou para o desmonte do setor e denunciou a política entreguista do governo de Michel Temer (PMDB) que sob o argumento da crise econômica, quer transferir a produção de navios petroleiros e sondas a grupos estrangeiros. "Existe um desmonte da indústria naval brasileira em t

de Brasdangola Blogue

Crise virou pretexto para desmontar a indústria naval, diz Lula

Jornal GGN – Em ato dos funcionários do estaleiro Brasfels, em Angra dos Reis (RJ), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o governo de Michel Temer quer transferir a produção de…

"Ruas da Cidade e Outros Escritos" Sobre o autor: Henrique Ferreira de Oliveira Brás (Angra do Heroísmo, 9 de Fevereiro de 1884 — Furnas, 11 de Agosto de 1947), mais conhecido por Henrique Brás, foi um advogado, jornalista, político e historiógrafo, que se notabilizou na vida forense e na actividade política no Distrito Autónomo de Angra do Heroísmo. Foi o primeiro governador civil após a implantação da República Portuguesa(...) Disponível em: www.madeinazores.eu

lavagem-dinheiro2 http://oestadobrasileiro.com.br/operacao-pripyat-corrupcao-e-lavagem-de-dinheiro-na-construcao-de-angra-3/

enunciou o sócio da Engevix, José Antunes Sobrinho, além dos ex-dirigentes da Eletronuclear Luiz Antônio de Amorim Soares, Luiz Manuel Amaral Messias, José Eduardo Brayner Costa Mattos, Edno Negrini e Pérsio José Gomes Jordani e demais envolvidos em investigação que mira esquema de fraudes em licitações, corrupção e lavagem de dinheiro em contratos entre Eletronuclear e as empresas Andrade Gutierrez e Engevix para as obras da Usina de Angra 3.

MPF-RJ enunciou o sócio da Engevix, José Antunes Sobrinho, além dos ex-dirigentes da Eletronuclear Luiz Antônio de Amorim Soares, Luiz Manuel Amaral Messias, José Eduardo Brayner Costa Mattos, Edno Negrini e Pérsio José Gomes Jordani e demais envolvidos em investigação que mira esquema de fraudes em licitações, corrupção e lavagem de dinheiro em contratos entre Eletronuclear e as empresas Andrade Gutierrez e Engevix para as obras da Usina de Angra 3.

Geisel - 1974 - 1979 Em 15 de janeiro de 1974, assumiu a presidência logo após a Crise do Petróleo, que encontrou um Brasil otimista e despreparado para enfrentá-la. Mesmo assim manteve construção de obras gigantescas, como a ponte Rio-Niterói e a Usina Nuclear em Angra dos Reis. Iniciou o processo de abertura política, pressionado pelos opositores e pela opinião pública. Em 1979, passou o Governo ao General João Batista de Oliveira Figueiredo. Falecimento: 12 de setembro de 1996

Gráfico Pripyat http://oestadobrasileiro.com.br/operacao-pripyat-corrupcao-e-lavagem-de-dinheiro-na-construcao-de-angra-3/

Lula em Angra Crise virou desculpa para desmonte e entrega da indústria...