Explore Imprensa, Fala e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Brasília - O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, em coletiva de imprensa, fala sobre votação do impeachment da presidenta Dilma Rousseff (Wilson Dias/Agência Brasil)

Brasília - O presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, em coletiva de imprensa, fala sobre votação do impeachment da presidenta Dilma Rousseff (Wilson Dias/Agência Brasil)

RN POLITICA EM DIA: RICARDO LEWANDOWSKI PROMETE "ATENÇÃO" A REAJUSTE S...

RN POLITICA EM DIA: RICARDO LEWANDOWSKI PROMETE "ATENÇÃO" A REAJUSTE S...

A ex-ministra do Meio Ambiente e ex-senadora Marina Silva (Rede-AC) afirmou que o tragédia causada pelo rompimento das barragens da mineradora Samar...

Para Marina, tragédia em MG é catastrófica e negligência gerou perda incalculável

A ex-ministra do Meio Ambiente e ex-senadora Marina Silva (Rede-AC) afirmou que o tragédia causada pelo rompimento das barragens da mineradora Samar...

Política brasileira é, mais uma vez, notícia na imprensa internacional

Política brasileira é, mais uma vez, notícia na imprensa internacional

Sheherazade vai poder noticiar, Silvio?  Brasil 19.04.17 14:58 Raquel Sheherazade, que levou bronca de Silvio Santos no Troféu Imprensa por comentar política, vai poder noticiar a operação Conclave, que apura lambanças no banco que pertencia ao patrão?

Sheherazade vai poder noticiar, Silvio? Brasil 19.04.17 14:58 Raquel Sheherazade, que levou bronca de Silvio Santos no Troféu Imprensa por comentar política, vai poder noticiar a operação Conclave, que apura lambanças no banco que pertencia ao patrão?

A culpa da "criminalização da política"  Brasil 01.05.17 12:52 Políticos culpam a Lava Jato e a imprensa pela "criminalização da política". Curioso. Achávamos que a "criminalização da política" era culpa dos políticos que cometeram crimes.

A culpa da "criminalização da política" Brasil 01.05.17 12:52 Políticos culpam a Lava Jato e a imprensa pela "criminalização da política". Curioso. Achávamos que a "criminalização da política" era culpa dos políticos que cometeram crimes.

O principal responsável pela crise política brasileira, que também arruinou a economia nacional, terá posição de destaque na delação da Odebrecht. Trata-se do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que, um dia após sua derrota na disputa presidencial de 2014, passou a articular a queda da presidente reeleit

O principal responsável pela crise política brasileira, que também arruinou a economia nacional, terá posição de destaque na delação da Odebrecht. Trata-se do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que, um dia após sua derrota na disputa presidencial de 2014, passou a articular a queda da presidente reeleit

A crise tem nome: Lula. "Lula voltou a ser o principal protagonista da cena política brasileira. No último mês, não teve um dia sequer em que não ocupasse as manchetes da imprensa. Viajou pelo Brasil — sempre de jatinho particular, pago não se sabe por quem — e falou, falou e falou. Impôs uma reforma ministerial à presidente, que obedeceu passivamente, como de hábito, ao seu criador."

A crise tem nome: Lula. "Lula voltou a ser o principal protagonista da cena política brasileira. No último mês, não teve um dia sequer em que não ocupasse as manchetes da imprensa. Viajou pelo Brasil — sempre de jatinho particular, pago não se sabe por quem — e falou, falou e falou. Impôs uma reforma ministerial à presidente, que obedeceu passivamente, como de hábito, ao seu criador."

UM BANDIDO DE  5ª , EM PARCERIA COM UM JUDICIÁRIO DE  5ª,  TOMAM CONTA DA CENA POLITICA DO PAÍS , LAMENTÁVEL...  Esse tal Alberto Youssef:  "inacreditável" que o Brasil seja "refém de um criminoso notório e reincidente, de um réu que negocia depoimentos" e que ainda garanta a ele "palco para atacar e caluniar, sem nenhuma prova, algumas das principais lideranças políticas do país"; em crítica dura, por meio de nota, ele lamenta ainda "que parte da imprensa brasileira venha tratando bandidos…

UM BANDIDO DE 5ª , EM PARCERIA COM UM JUDICIÁRIO DE 5ª, TOMAM CONTA DA CENA POLITICA DO PAÍS , LAMENTÁVEL... Esse tal Alberto Youssef: "inacreditável" que o Brasil seja "refém de um criminoso notório e reincidente, de um réu que negocia depoimentos" e que ainda garanta a ele "palco para atacar e caluniar, sem nenhuma prova, algumas das principais lideranças políticas do país"; em crítica dura, por meio de nota, ele lamenta ainda "que parte da imprensa brasileira venha tratando bandidos…

http://www.networkedblogs.com/panorama  Criminosos bancados pelo Estado  O assassinato do estudante paulista não foi uma fatalidade — trata-se de uma política pública do Estado brasileiro, como provam os matricídios, parricídios, latrocínios e estupros praticados por menores pelo País afora  José Maria e Silva  A imprensa brasileira es

http://www.networkedblogs.com/panorama Criminosos bancados pelo Estado O assassinato do estudante paulista não foi uma fatalidade — trata-se de uma política pública do Estado brasileiro, como provam os matricídios, parricídios, latrocínios e estupros praticados por menores pelo País afora José Maria e Silva A imprensa brasileira es

Pinterest
Pesquisar