Explore Nunca Mais, Olhar Mais e muito mais!

"Toda a vida meti conversa com pessoas que não conhecia. Algumas delas nunca mais voltei a ver. Outras sim. E se não fosse essa - chamem-lhe ousadia, se quiserem (tanto faz) - jamais teria tido aprendizagens tão crescentes como essas específicas na companhia dessas inúmeras pessoas."

"Toda a vida meti conversa com pessoas que não conhecia. Algumas delas nunca mais voltei a ver. Outras sim. E se não fosse essa - chamem-lhe ousadia, se quiserem (tanto faz) - jamais teria tido aprendizagens tão crescentes como essas específicas na companhia dessas inúmeras pessoas."

"Nunca mais haverá anos 60 porque jamais ousaremos tanto, de novo. Não há nada de novo no novo. As vitrines da avenida estão cheias de Ferraris, Porsches e até Buicks. Buicks como os que Nabokov usava para caçar borboletas, que viraram Lolita. Bugattis como o de Rubens Gerchman, que explode na parede de algum lugar em Ipanema. São Paulo seduz aos domingos."

"Nunca mais haverá anos 60 porque jamais ousaremos tanto, de novo. Não há nada de novo no novo. As vitrines da avenida estão cheias de Ferraris, Porsches e até Buicks. Buicks como os que Nabokov usava para caçar borboletas, que viraram Lolita. Bugattis como o de Rubens Gerchman, que explode na parede de algum lugar em Ipanema. São Paulo seduz aos domingos."

"Muitas pessoas, em situações de extremo estresse acabam desenvolvendo transtornos psíquicos, como a Ansiedade e Depressão. Esta é uma realidade pungente, extremamente grave e cada vez mais recorrente. O mundo está vivenciando uma verdadeira crise psicológica. Nunca fomos tão frustrados e descontentes, reflexo da sociedade contemporânea que estimula constantemente a felicidade plena."

"Muitas pessoas, em situações de extremo estresse acabam desenvolvendo transtornos psíquicos, como a Ansiedade e Depressão. Esta é uma realidade pungente, extremamente grave e cada vez mais recorrente. O mundo está vivenciando uma verdadeira crise psicológica. Nunca fomos tão frustrados e descontentes, reflexo da sociedade contemporânea que estimula constantemente a felicidade plena."

"Confesso que por alguns momentos questionei a arte de Salgado ao retratar a miséria humana de forma tão nua, real e crua, como se esmiuçasse o sofrimento a ponto de perpetuá-lo ao invés de redimi-lo. (...) imagens que um dia seriam parte de um livro de luxo, exposto em mesas de centro de residências de alto padrão. Porém, cabe a cada um de nós entender a função social da retratação da miséria, que cumpre seu papel quando deseja transmitir a empatia pela condição humana."

"Confesso que por alguns momentos questionei a arte de Salgado ao retratar a miséria humana de forma tão nua, real e crua, como se esmiuçasse o sofrimento a ponto de perpetuá-lo ao invés de redimi-lo. (...) imagens que um dia seriam parte de um livro de luxo, exposto em mesas de centro de residências de alto padrão. Porém, cabe a cada um de nós entender a função social da retratação da miséria, que cumpre seu papel quando deseja transmitir a empatia pela condição humana."

"Superhomem é um frustrado. A tese é estabelecida por Umberto Eco, que explora o Mito do Superman. O escriba define bem que a identidade de Clark Kent representa tudo que o Superhomem gostaria mas não poderá nunca realizar. A sociedade o força a esconder seus poderes, e ele, para poder extravasar de vez em quando sua necessidade por usar habilidades que o tornam quase um deus, resolve colocar seus dons a serviço da humanidade. Quase um “vocês deixam eu me exibir um pouco, e em troca limpo as…

"Superhomem é um frustrado. A tese é estabelecida por Umberto Eco, que explora o Mito do Superman. O escriba define bem que a identidade de Clark Kent representa tudo que o Superhomem gostaria mas não poderá nunca realizar. A sociedade o força a esconder seus poderes, e ele, para poder extravasar de vez em quando sua necessidade por usar habilidades que o tornam quase um deus, resolve colocar seus dons a serviço da humanidade. Quase um “vocês deixam eu me exibir um pouco, e em troca limpo as…

Uma carta para um amigo que nunca vi, mas que muito me ajudou a vencer muitas de minhas noites. Assim, eu não poderia deixar de agradecer pelo tanto que ele me ensinou a respeito de catar a poesia que se derrama no dia-a-dia, na simplicidade das coisas, no belo da natureza.  http://obviousmag.org/minha_alma_tem_fome/2015/carta-para-rubem-alves-esse-amigo-que-nunca-me-viu.html

Uma carta para um amigo que nunca vi, mas que muito me ajudou a vencer muitas de minhas noites. Assim, eu não poderia deixar de agradecer pelo tanto que ele me ensinou a respeito de catar a poesia que se derrama no dia-a-dia, na simplicidade das coisas, no belo da natureza. http://obviousmag.org/minha_alma_tem_fome/2015/carta-para-rubem-alves-esse-amigo-que-nunca-me-viu.html

Você nunca foi o patinho feio, nem o pavão misterioso. Na verdade sempre foi o patinho normal. | 20 coisas que só quem não é bonito nem feio vai entender

Você nunca foi o patinho feio, nem o pavão misterioso. Na verdade sempre foi o patinho normal. | 20 coisas que só quem não é bonito nem feio vai entender

"Gostar de rotina não é algo ruim. Precisamos dela para nortear nossas vidas, dar linearidade ao nosso cotidiano, nos tirando do caos e auxiliando-nos a dar foco às metas. A rotina é a nossa cura da ressaca, nosso mais do mesmo que precisa existir, nossa obediência às regras, nossa submissão ao tempo, nossa dose de normalidade diária."

"Gostar de rotina não é algo ruim. Precisamos dela para nortear nossas vidas, dar linearidade ao nosso cotidiano, nos tirando do caos e auxiliando-nos a dar foco às metas. A rotina é a nossa cura da ressaca, nosso mais do mesmo que precisa existir, nossa obediência às regras, nossa submissão ao tempo, nossa dose de normalidade diária."

O meu truque: nunca deixar de acreditar. Nunca fazer por menos, nunca fazer por fazer, nunca ser assim assim, nunca calar o cinzento, nunca aceitar o tem que ser. Sei que um dia vou ter que dar este lugar a outro corpo, com mais ou menos alma que a minha, e a única pretensão que tenho é: ter feito valer a pena. http://lounge.obviousmag.org/100sentidos/2012/01/viver-e-um-rasgar-se-e-remendar-se.html

O meu truque: nunca deixar de acreditar. Nunca fazer por menos, nunca fazer por fazer, nunca ser assim assim, nunca calar o cinzento, nunca aceitar o tem que ser. Sei que um dia vou ter que dar este lugar a outro corpo, com mais ou menos alma que a minha, e a única pretensão que tenho é: ter feito valer a pena. http://lounge.obviousmag.org/100sentidos/2012/01/viver-e-um-rasgar-se-e-remendar-se.html

"Nenhum conceito, filosofia ou doutrina é mais bem vindo.  Nenhuma certeza mais tranquilizadora, nenhuma esperança mais concreta que um abraço, um toque sincero...paciente, um beijo demorado, um olhar pleno de afeto.  Não duvidemos deste poder.  É divino, é acessível, é fiel.  Tudo passa, tudo é fugaz.  Mas carinho nunca se esquece.  Carinho é selo de Deus na gente."   Gi Stadnicki

"Nenhum conceito, filosofia ou doutrina é mais bem vindo. Nenhuma certeza mais tranquilizadora, nenhuma esperança mais concreta que um abraço, um toque sincero...paciente, um beijo demorado, um olhar pleno de afeto. Não duvidemos deste poder. É divino, é acessível, é fiel. Tudo passa, tudo é fugaz. Mas carinho nunca se esquece. Carinho é selo de Deus na gente." Gi Stadnicki

Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo
Pesquisar