Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore Nunca Mais, Olhar Mais e muito mais!

fomos todos mafalda

"Toda a vida meti conversa com pessoas que não conhecia. Algumas delas nunca mais voltei a ver. Outras sim. E se não fosse essa - chamem-lhe ousadia, se quiserem (tanto faz) - jamais teria tido aprendizagens tão crescentes como essas específicas na companhia dessas inúmeras pessoas."

as pílulas da felicidade e a eterna busca pela vida perfeita

"Muitas pessoas, em situações de extremo estresse acabam desenvolvendo transtornos psíquicos, como a Ansiedade e Depressão. Esta é uma realidade pungente, extremamente grave e cada vez mais recorrente. O mundo está vivenciando uma verdadeira crise psicológica. Nunca fomos tão frustrados e descontentes, reflexo da sociedade contemporânea que estimula constantemente a felicidade plena."

water of love, um devaneio direstraitsano pelas veias de são paulo

"Nunca mais haverá anos 60 porque jamais ousaremos tanto, de novo. Não há nada de novo no novo. As vitrines da avenida estão cheias de Ferraris, Porsches e até Buicks. Buicks como os que Nabokov usava para caçar borboletas, que viraram Lolita. Bugattis como o de Rubens Gerchman, que explode na parede de algum lugar em Ipanema. São Paulo seduz aos domingos."

as fraquezas do poder com o superhomem

"Superhomem é um frustrado. A tese é estabelecida por Umberto Eco, que explora o Mito do Superman. O escriba define bem que a identidade de Clark Kent representa tudo que o Superhomem gostaria mas não poderá nunca realizar. A sociedade o força a esconder seus poderes, e ele, para poder extravasar de vez em quando sua necessidade por usar habilidades que o tornam quase um deus, resolve colocar seus dons a serviço da humanidade. Quase um “vocês deixam eu me exibir um pouco, e em troca limpo as…

carta para rubem alves, esse amigo que nunca me viu

Uma carta para um amigo que nunca vi, mas que muito me ajudou a vencer muitas de minhas noites. Assim, eu não poderia deixar de agradecer pelo tanto que ele me ensinou a respeito de catar a poesia que se derrama no dia-a-dia, na simplicidade das coisas, no belo da natureza. http://obviousmag.org/minha_alma_tem_fome/2015/carta-para-rubem-alves-esse-amigo-que-nunca-me-viu.html

nós, a estranha certeza

"O ser humano nunca aprenderá com os pássaros e se aprendesse realmente a voar, venderia suas asas por um bom preço."

o sal da terra

"Confesso que por alguns momentos questionei a arte de Salgado ao retratar a miséria humana de forma tão nua, real e crua, como se esmiuçasse o sofrimento a ponto de perpetuá-lo ao invés de redimi-lo. (...) imagens que um dia seriam parte de um livro de luxo, exposto em mesas de centro de residências de alto padrão. Porém, cabe a cada um de nós entender a função social da retratação da miséria, que cumpre seu papel quando deseja transmitir a empatia pela condição humana."

o corvo de edgar allan poe

"Ao final, os versos derradeiros do poema me saltaram aos olhos: "No chão espraia a triste sombra; e fora/Daquelas linhas funerais/Que flutuam no chão, a minha alma que chora/Não sai mais, nunca, nunca mais!"

o oceano no fim de cada infância

Nada nunca é igual. Seja um segundo mais tarde ou cem anos depois. Tudo está sempre se agitando e se revolvendo. E as pessoas mudam tanto quanto os oceanos.

o eterno discurso pseudo-feminista que ninguém mais aguenta ouvir

As mulheres precisam entender que enquanto nós mesmas colocarmos diferenças entre o sexo feminino e masculino, nunca conseguiremos a igualdade que tanto buscamos. Usar salto alto não nos faz superior a ninguém, seja homem ou mulher.