Explore Bolsa Família, Iates e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Plano de emergência do PT ameaça acelerar falência do Brasil. Redução dos juros, simultaneamente ao aumento dos gastos públicos e o uso das reservas cambiais para financiar obras, com reajuste de 20% no Bolsa Família, maior tributação de heranças, criação de imposto sobre grandes fortunas, tributação de lucros e dividendos, cobrança de IPVA sobre iates, aviões e helicópteros, e recriação da CPMF – eis a parte principal da receita petista de 22 ingredientes para recuperar a economia.

Ainda bem que o Programa Nacional de Emergência, proposto oficialmente pelo Diretório Nacional do PT na comemoração do aniversário ...

ola

ola

Não há mais governo !!!... E Pão ?... É o Bolsa Família com aqueles R$ 77 mensais por pessoa que tiram a fome?.. sem que estes tenham cursos de formação que os preparem para o mundo do trabalho, são 14 milhões de famílias, 50 milhões de brasileiros. entre 20 a 25 milhões que estatisticamente nem aparecem como desempregados e nem aparecem como ativos, ...que só servem para votar nesse PT. Há que mudar este Brasil que tem potencial e riqueza suficiente para se tornar um país desenvolvido.

Novas delações premiadas complicarão o cenário. Prováveis acusados buscam mecanismos para garantir o foro privilegiado O projeto criminoso...

Sem programa específico, Brasil põe refugiados no Bolsa Família.  "...cerca de 400 imigrantes sírios que vieram para o Brasil estão no programa, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. O número se refere a julho. A pasta não informou o valor específico recebido pelos sírios – o benefício médio do programa é de R$ 167 mensais por família."

Sem programa específico, Brasil põe refugiados no Bolsa Família

A cegueira da governança. São 14 milhões de famílias, 50 milhões de brasileiros a receberem o Bolsa Família, um apoio social de no máximo R$77 mensal per capita. E ainda existem cerca de 10 milhões de habitantes em estado de mendicância, indivíduos que vivem em extrema carência material, não conseguindo obter as condições mínimas de salubridade e conforto com meios próprios. É este o plano "Brasil sem miséria"?

A cegueira da governança. São 14 milhões de famílias, 50 milhões de brasileiros a receberem o Bolsa Família, um apoio social de no máximo R$77 mensal per capita. E ainda existem cerca de 10 milhões de habitantes em estado de mendicância, indivíduos que vivem em extrema carência material, não conseguindo obter as condições mínimas de salubridade e conforto com meios próprios. É este o plano "Brasil sem miséria"?

Essas estatísticas de desemprego do IBGE estão completamente distorcidas!  Aqueles mais de 20 milhões de desempregados do Bolsa Família, mas que não constam oficialmente da taxa de desemprego, são esses que tornam as estatísticas do IBGE erradas. O governo deste Brasil tem que assumir esses mais de 20 milhões como estando à procura de emprego, assim como qualquer país desenvolvido assume os beneficiados dos subsídios de inserção social como estatisticamente desempregados.

EMPREGOS

Essas estatísticas de desemprego do IBGE estão completamente distorcidas! Aqueles mais de 20 milhões de desempregados do Bolsa Família, mas que não constam oficialmente da taxa de desemprego, são esses que tornam as estatísticas do IBGE erradas. O governo deste Brasil tem que assumir esses mais de 20 milhões como estando à procura de emprego, assim como qualquer país desenvolvido assume os beneficiados dos subsídios de inserção social como estatisticamente desempregados.

Pinterest
Pesquisar