Explore Pau, Camila e muito mais!

Mais do talismã Florescer Foto: Camila Sugai

Mais do talismã Florescer Foto: Camila Sugai

DESAPEGO  Nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade. É preciso saber quando uma etapa chega ao fim, antes que se perca a espontainedade e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Deixar ir embora. Soltar. Desprender. Renovar os votos de esperança em si mesmo.  foto: Camila Sugai

DESAPEGO Nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade. É preciso saber quando uma etapa chega ao fim, antes que se perca a espontainedade e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Deixar ir embora. Soltar. Desprender. Renovar os votos de esperança em si mesmo. foto: Camila Sugai

Mais do talismã Delícia Foto: Camila Sugai

Mais do talismã Delícia Foto: Camila Sugai

FOCO  As facilidades e os prazeres nos proporcionam lembranças. Perspectiva, responsabilidade e sucesso dependem de projeção. Foco é a disciplina que produz bons frutos.  Foto: Camila Sugai

FOCO As facilidades e os prazeres nos proporcionam lembranças. Perspectiva, responsabilidade e sucesso dependem de projeção. Foco é a disciplina que produz bons frutos. Foto: Camila Sugai

GRATIDÃO  A alma diz obrigado.  O reconhecimento pelo bem que nos foi feito. A gratidão livra a alma com honestidade e preenche a vida de compreensão.  Foto: Camila Sugai

GRATIDÃO A alma diz obrigado. O reconhecimento pelo bem que nos foi feito. A gratidão livra a alma com honestidade e preenche a vida de compreensão. Foto: Camila Sugai

Mais do talismã Luz

Mais do talismã Luz

Mais do talismã Inspiração Foto: Camila Sugai

Mais do talismã Inspiração Foto: Camila Sugai

EQUILÍBRIO  Nossa energia precisa ser poupada para os momentos de real intensidade. Não a dissipe com maximizações.  Equilibrar-se é uma sabedoria, e exige treino. Lapidar seus extremos é um estudo de si mesmo.  Foto: Camila Sugai

EQUILÍBRIO Nossa energia precisa ser poupada para os momentos de real intensidade. Não a dissipe com maximizações. Equilibrar-se é uma sabedoria, e exige treino. Lapidar seus extremos é um estudo de si mesmo. Foto: Camila Sugai

Mais do talismã Voô foto: Camila Sugai

Mais do talismã Voô foto: Camila Sugai

SUTILEZA  A linha tênue entre o demais e o quase nada. Não se exceder, porém não se omitir. A convivência clama por delicadeza; a sutileza é o detalhe invisível aos olhos desatentos.  Foto: Camila Sugai

SUTILEZA A linha tênue entre o demais e o quase nada. Não se exceder, porém não se omitir. A convivência clama por delicadeza; a sutileza é o detalhe invisível aos olhos desatentos. Foto: Camila Sugai

Pinterest
Pesquisar