Explore Sargento, Desta, and more!

O Brasil acaba de perder um dos maiores nomes da sua literatura!  João  Ubaldo, o autor de “Sargento Getúlio”, “A casa dos Budas Ditosos” ,“O Sorriso do Lagarto”e “Viva o Povo Brasileiro”, entre outros morreu na madrugada desta sexta-feira no Rio de Janeiro.  João pensava o Brasil de um jeito especial e traduzia essa sua visão em textos inesquecíveis. Vai fazer muita falta.

O Brasil acaba de perder um dos maiores nomes da sua literatura! João Ubaldo, o autor de “Sargento Getúlio”, “A casa dos Budas Ditosos” ,“O Sorriso do Lagarto”e “Viva o Povo Brasileiro”, entre outros morreu na madrugada desta sexta-feira no Rio de Janeiro. João pensava o Brasil de um jeito especial e traduzia essa sua visão em textos inesquecíveis. Vai fazer muita falta.

Fernando Brant, parabéns! Compositor que se consagrou como parceiro de Miton Nascimento em “Travessia”, 2o lugar no II Festival Nacional da Canção (TV Globo), nasceu nesta data em Caldas, Minas Gerais. Considerado o principal letrista de Milton Nascimento, continuou trabalhando com o parceiro durante as décadas de 1980 e 1990. Parabéns, Fernando, amigo é mesmo coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito!

Fernando Brant, parabéns! Compositor que se consagrou como parceiro de Miton Nascimento em “Travessia”, 2o lugar no II Festival Nacional da Canção (TV Globo), nasceu nesta data em Caldas, Minas Gerais. Considerado o principal letrista de Milton Nascimento, continuou trabalhando com o parceiro durante as décadas de 1980 e 1990. Parabéns, Fernando, amigo é mesmo coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito!

Parabéns Paulo José!  Um dos nossos mais importantes e talentosos atores, Paulo José Gómez de Sousa nasceu em Lavras do Sul –RS. Fundou, em 1955, ao lado de Paulo César Pereio, Lilian Lemmertz, Ítala Nandi e Fernando Peixoto, dentre outros, o Teatro de Equipe.

Parabéns Paulo José! Um dos nossos mais importantes e talentosos atores, Paulo José Gómez de Sousa nasceu em Lavras do Sul –RS. Fundou, em 1955, ao lado de Paulo César Pereio, Lilian Lemmertz, Ítala Nandi e Fernando Peixoto, dentre outros, o Teatro de Equipe.

Um músico fantástico!   Autor de grandes sucessos que se tornaram clássicos da MPB, como “Meu Caro Amigo”, “Vai Passar”, “Atrás da Porta” e “Trocando e Miúdos”, só para citar alguns dentre sua profícua parceria com Chico Buarque, o carioca Francis Hime é, quem diria, engenheiro mecânico por formação acadêmica, mas o seu negócio sempre foi a música!   Esse músico fantástico é assim, generoso com sua arte. Que bom pra todos nós! Feliz Aniversário, maestro!

Um músico fantástico! Autor de grandes sucessos que se tornaram clássicos da MPB, como “Meu Caro Amigo”, “Vai Passar”, “Atrás da Porta” e “Trocando e Miúdos”, só para citar alguns dentre sua profícua parceria com Chico Buarque, o carioca Francis Hime é, quem diria, engenheiro mecânico por formação acadêmica, mas o seu negócio sempre foi a música! Esse músico fantástico é assim, generoso com sua arte. Que bom pra todos nós! Feliz Aniversário, maestro!

Fernando Meirelles  O diretor nacional consagrado mundialmente (indicado ao Oscar de Melhor Diretor em 2004), dirigiu O Jardineiro Fiel (2005), pelo qual foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Diretor e ao BAFTA de Melhor Diretor; e Ensaio sobre a Cegueira (2008), baseado no romance homônimo de José Saramago.  Aos 12 anos de idade, foi presenteado com uma câmera de filmar, e esse passatempo nunca mais foi abandonado.

Fernando Meirelles O diretor nacional consagrado mundialmente (indicado ao Oscar de Melhor Diretor em 2004), dirigiu O Jardineiro Fiel (2005), pelo qual foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Diretor e ao BAFTA de Melhor Diretor; e Ensaio sobre a Cegueira (2008), baseado no romance homônimo de José Saramago. Aos 12 anos de idade, foi presenteado com uma câmera de filmar, e esse passatempo nunca mais foi abandonado.

Um dos poucos showman de verdade do Brasil, Moacir de Oliveira Franco nasceu em Ituiutaba em 5 de outubro de 1936. Começou sua carreira nos anos 60 no programa Praça da Alegria.   Teve seu talento reconhecido em 2011, ganhando o Troféu Menina de Ouro de melhor ator coadjuvante no Festival de Cinema de Paulínia por conta do personagem Delegado Justo no filme “O Palhaço”, de Selton Mello.  Nosso abraço ao grande Moacyr, grande amigo da nossa casa!

Um dos poucos showman de verdade do Brasil, Moacir de Oliveira Franco nasceu em Ituiutaba em 5 de outubro de 1936. Começou sua carreira nos anos 60 no programa Praça da Alegria. Teve seu talento reconhecido em 2011, ganhando o Troféu Menina de Ouro de melhor ator coadjuvante no Festival de Cinema de Paulínia por conta do personagem Delegado Justo no filme “O Palhaço”, de Selton Mello. Nosso abraço ao grande Moacyr, grande amigo da nossa casa!

Nada como comemorar o aniversário na semana do Carnaval!  A irreverente Regina Casé é neta de Ademar Casé, um dos pioneiros na chegada da rádio ao Brasil. Em 1970, aos 15 anos, entrou para o curso de teatro de Sergio Britto. Aos 20, fundou com amigos o Asdrúbal Trouxe o Trombone, grupo teatral que movimentou o cenário cultural carioca no final dos anos 1970, e nunca mais parou!  Vale a pena conferir:   http://www.youtube.com/watch?v=-E1qWn-7X54.  Parabéns, Regina!

Nada como comemorar o aniversário na semana do Carnaval! A irreverente Regina Casé é neta de Ademar Casé, um dos pioneiros na chegada da rádio ao Brasil. Em 1970, aos 15 anos, entrou para o curso de teatro de Sergio Britto. Aos 20, fundou com amigos o Asdrúbal Trouxe o Trombone, grupo teatral que movimentou o cenário cultural carioca no final dos anos 1970, e nunca mais parou! Vale a pena conferir: http://www.youtube.com/watch?v=-E1qWn-7X54. Parabéns, Regina!

Carlos Alberto de Nóbrega, parabéns!  Uma vida inteira dedicada à arte, ao incentivo a grandes talentos e ao entretenimento, Carlos Alberto iniciou a carreira em 1954, escrevendo quadros humorísticos para o programa “Manuel de Nóbrega” (seu pai), na velha Rádio Nacional, de São Paulo. Atuou ao lado de Ronald Golias na TV Paulista.

Carlos Alberto de Nóbrega, parabéns! Uma vida inteira dedicada à arte, ao incentivo a grandes talentos e ao entretenimento, Carlos Alberto iniciou a carreira em 1954, escrevendo quadros humorísticos para o programa “Manuel de Nóbrega” (seu pai), na velha Rádio Nacional, de São Paulo. Atuou ao lado de Ronald Golias na TV Paulista.

#homenagemTDG  Apresentador, escritor, humorista, artista plástico, dramaturgo, ator! Nomear todas as áreas em que Jô Soares já atuou – e atua - parece tarefa impossível.  Começou sua carreira, de fato, nos anos 1950, e desde então o Brasil vê seu rosto na televisão.  Jô, que já recebeu personalidades de várias gerações em seu sofá, à frente da paisagem noturna da capital paulista, completa hoje 76 anos.  Nosso bijo para o gordo!

#homenagemTDG Apresentador, escritor, humorista, artista plástico, dramaturgo, ator! Nomear todas as áreas em que Jô Soares já atuou – e atua - parece tarefa impossível. Começou sua carreira, de fato, nos anos 1950, e desde então o Brasil vê seu rosto na televisão. Jô, que já recebeu personalidades de várias gerações em seu sofá, à frente da paisagem noturna da capital paulista, completa hoje 76 anos. Nosso bijo para o gordo!

#homenagemTDG Marília Pêra não é apenas uma atriz respeitada, ela também é cantora, dançarina, e diretora teatral e, hoje, completa 72 anos. Mas não pense que isso a abala de alguma forma, não: ela disse em entrevista que não pensa em descanso e brinca com a própria idade, dizendo que ela e Miguel Falabella, diretor e colega de elenco do seriado Pé na Cova, são “os velhinhos”. Marília, até hoje, é uma das mulheres mais fortes da TV e admirada por diretores e escritores.   Parabéns!

#homenagemTDG Marília Pêra não é apenas uma atriz respeitada, ela também é cantora, dançarina, e diretora teatral e, hoje, completa 72 anos. Mas não pense que isso a abala de alguma forma, não: ela disse em entrevista que não pensa em descanso e brinca com a própria idade, dizendo que ela e Miguel Falabella, diretor e colega de elenco do seriado Pé na Cova, são “os velhinhos”. Marília, até hoje, é uma das mulheres mais fortes da TV e admirada por diretores e escritores. Parabéns!

Michael Pollan Explains What's Wrong With the Paleo Diet | Mother Jones

Michael Pollan, author, journalist, activist, and professor of journalism at the UC Berkeley Graduate School of Journalism

O Terra da Garoa aproveita para homenagear um dos nossos maiores poetas e escritores: o curitibano samurai Paulo Leminski! Dono de um estilo ácido, irônico e bem-humorado, Leminski traduziu todos os nossos sentimentos em poemas, em sua maioria hay-kays, onde exercitava seu inigualável poder de síntese, que resultaram em verdadeiros clássicos da nossa poesia moderna.Que tal um programa cultural completo com Leminski, depois Oswald de Andrade no espetáculo Sampa, em cartaz no Terra da Garoa?

O Terra da Garoa aproveita para homenagear um dos nossos maiores poetas e escritores: o curitibano samurai Paulo Leminski! Dono de um estilo ácido, irônico e bem-humorado, Leminski traduziu todos os nossos sentimentos em poemas, em sua maioria hay-kays, onde exercitava seu inigualável poder de síntese, que resultaram em verdadeiros clássicos da nossa poesia moderna.Que tal um programa cultural completo com Leminski, depois Oswald de Andrade no espetáculo Sampa, em cartaz no Terra da Garoa?

Ary Barroso,   Mineiro de Ubá, em 1903 e foi criado pela avó a partir dos 8 anos.  Estudou música com a tia Ritinha e com doze anos já trabalhava como pianista auxiliar no Cinema Ideal, em Ubá. Aos quinze anos fez a primeira composição, o cateretê “De Longe”.  Depois de receber uma herança, foi para o Rio de Janeiro estudar na Faculdade Nacional de Direito, mas, boêmio, abandona os estudos no segundo ano. Torna-se pianista do Cinema Íris e, mais tarde, no Teatro Carlos Gomes.

Ary Barroso, Mineiro de Ubá, em 1903 e foi criado pela avó a partir dos 8 anos. Estudou música com a tia Ritinha e com doze anos já trabalhava como pianista auxiliar no Cinema Ideal, em Ubá. Aos quinze anos fez a primeira composição, o cateretê “De Longe”. Depois de receber uma herança, foi para o Rio de Janeiro estudar na Faculdade Nacional de Direito, mas, boêmio, abandona os estudos no segundo ano. Torna-se pianista do Cinema Íris e, mais tarde, no Teatro Carlos Gomes.

Zeca Baleiro, Parabéns!  Natural de Arari, cidade vizinha de Pedreiras, onde nasceu João do Vale. Ganhou o apelido Baleiro quando cursava a universidade porque adorava comer balas, doces e guloseimas, mas também fez jus ao apelido ao abrir uma loja de doces.   Zeca começou sua carreira compondo melodias e músicas para peças infantis de teatro, onde se destacou pela qualidade de suas letras.

Zeca Baleiro, Parabéns! Natural de Arari, cidade vizinha de Pedreiras, onde nasceu João do Vale. Ganhou o apelido Baleiro quando cursava a universidade porque adorava comer balas, doces e guloseimas, mas também fez jus ao apelido ao abrir uma loja de doces. Zeca começou sua carreira compondo melodias e músicas para peças infantis de teatro, onde se destacou pela qualidade de suas letras.

Fernando Torres!  Era um legado por si só. E, por ser eterno, deixou uma herança de peso para a cultura nacional. Fernando Torres era ator, diretor, produtor de teatro, cinema, e televisão. Mas, profissionalmente e pessoalmente, foi muito, muito mais.  Casou-se com Fernanda Montenegro em 1952. Mas, com a arte, seu matrimonio é muito mais antigo.   Fernando Torres, mesmo inconscientemente, sempre será lembrado!

Fernando Torres! Era um legado por si só. E, por ser eterno, deixou uma herança de peso para a cultura nacional. Fernando Torres era ator, diretor, produtor de teatro, cinema, e televisão. Mas, profissionalmente e pessoalmente, foi muito, muito mais. Casou-se com Fernanda Montenegro em 1952. Mas, com a arte, seu matrimonio é muito mais antigo. Fernando Torres, mesmo inconscientemente, sempre será lembrado!

Parabéns, Ary Fontoura!   No mundo da televisão brasileira, muitos atores costumam reclamar da escassez de papéis para os profissionais mais velhos. Porém, Ary Fontoura não tem do que reclamar: aos 80 anos, ele interpreta um médico em papel de destaque na novela “Amor à Vida”.

Parabéns, Ary Fontoura! No mundo da televisão brasileira, muitos atores costumam reclamar da escassez de papéis para os profissionais mais velhos. Porém, Ary Fontoura não tem do que reclamar: aos 80 anos, ele interpreta um médico em papel de destaque na novela “Amor à Vida”.

Pinterest
Search