Explore Aragon, Ferdinand e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

Fernando - Guarda & Trancoso.jpg

Fernando - Guarda & Trancoso.jpg

ca. 1550 Maria of Portugal, Duchess of Parma by Anthonis Mor workshop (Pinacoteca Stuard - Parma, Emilia-Romagna Italy) Wm made lighter

ca. 1550 Maria of Portugal, Duchess of Parma by Anthonis Mor workshop (Pinacoteca Stuard - Parma, Emilia-Romagna Italy) Wm made lighter

Rainha D. Dulce de Portugal. Dinastia: Borgonha Editorial: Real Lidador Portugal Autor: Rui Miguel

Rainha D. Dulce de Portugal. Dinastia: Borgonha Editorial: Real Lidador Portugal Autor: Rui Miguel

A Dinastia de Borgonha, também chamada Afonsina (pelo elevado número - quatro - de soberanos com o nome de Afonso) foi a primeira dinastia do Reino de Portugal. Começou em 1096, ainda como mero condado (autonomizado em reino em 1139-1143) e terminou em 1383. D. Afonso Henriques tornou-se Príncipe de Portugal depois de vencer os nobres galegos, os Peres de Trava, aliados de sua mãe, D. Teresa, na batalha de São Mamede em 1128. Foi apenas em 1179 que o Papa Alexandre III reconheceu Portugal…

A Dinastia de Borgonha, também chamada Afonsina (pelo elevado número - quatro - de soberanos com o nome de Afonso) foi a primeira dinastia do Reino de Portugal. Começou em 1096, ainda como mero condado (autonomizado em reino em 1139-1143) e terminou em 1383. D. Afonso Henriques tornou-se Príncipe de Portugal depois de vencer os nobres galegos, os Peres de Trava, aliados de sua mãe, D. Teresa, na batalha de São Mamede em 1128. Foi apenas em 1179 que o Papa Alexandre III reconheceu Portugal…

Dom Manuel I de Portugal (1469 —1521) foi o 14.º Rei de Portugal, cognominado O Venturoso, O Bem-Aventurado ou O Afortunado tanto pelos eventos felizes que o levaram ao trono, como pelos que ocorreram no seu reinado. Prosseguiu as explorações portuguesas iniciadas pelos seus antecessores, o que levou à descoberta do caminho marítimo para a Índia, do Brasil e das ambicionadas "ilhas das especiarias", as Molucas, determinantes para a expansão do império português.

Dom Manuel I de Portugal (1469 —1521) foi o 14.º Rei de Portugal, cognominado O Venturoso, O Bem-Aventurado ou O Afortunado tanto pelos eventos felizes que o levaram ao trono, como pelos que ocorreram no seu reinado. Prosseguiu as explorações portuguesas iniciadas pelos seus antecessores, o que levou à descoberta do caminho marítimo para a Índia, do Brasil e das ambicionadas "ilhas das especiarias", as Molucas, determinantes para a expansão do império português.

Francisco António, Principe da Beira (21 de Março de 1795 - 11 de Junho de 1801) foi o segundo filho do Rei Dom Joao VI e da Rainha Dona Carlota Joaquina de Bourbon.Sendo o primeiro filho varão do casal, recebendo o título de príncipe da Beira. Contudo, D. Francisco António morreu ainda criança (com 6 anos de idade), herdando o trono o seu irmão mais novo, o príncipe D. Pedro de Alcântara de Bragança.

Francisco António, Principe da Beira (21 de Março de 1795 - 11 de Junho de 1801) foi o segundo filho do Rei Dom Joao VI e da Rainha Dona Carlota Joaquina de Bourbon.Sendo o primeiro filho varão do casal, recebendo o título de príncipe da Beira. Contudo, D. Francisco António morreu ainda criança (com 6 anos de idade), herdando o trono o seu irmão mais novo, o príncipe D. Pedro de Alcântara de Bragança.

Emanuelvanportugal.jpg

Emanuelvanportugal.jpg

Beatrice of Portugal, Duchess of Savoy

Beatrice of Portugal, Duchess of Savoy

Família Real Portuguesa, em 1854. Da esquerda para a direita os Infantes: D. Fernando (1846-1861); Dona Antonia, depois Princesa de Hohenzollern-Sigmaringen (1845-1913); Dom Luis (1838-1889), que veste um chapéu alto, mais tarde rei Luís I de Portugal; Dona Maria Ana (1843-1884), mais tarde Princesa da Saxônia; Dom Augusto (1847-1889) e D. João (1842-1861), Duque de Beja.  Editorial: Real Lidador Portugal Autor: Rui Miguel

Família Real Portuguesa, em 1854. Da esquerda para a direita os Infantes: D. Fernando (1846-1861); Dona Antonia, depois Princesa de Hohenzollern-Sigmaringen (1845-1913); Dom Luis (1838-1889), que veste um chapéu alto, mais tarde rei Luís I de Portugal; Dona Maria Ana (1843-1884), mais tarde Princesa da Saxônia; Dom Augusto (1847-1889) e D. João (1842-1861), Duque de Beja. Editorial: Real Lidador Portugal Autor: Rui Miguel

Príncipe Real D. Luís Filipe (1887-1908). Casa Real: Bragança  Editorial: Real Lidador Portugal  Autor: Rui Miguel

Príncipe Real D. Luís Filipe (1887-1908). Casa Real: Bragança Editorial: Real Lidador Portugal Autor: Rui Miguel

Pinterest
Pesquisar