Explore Pessoas Idosas, Doença Comum e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

OSTEOARTRITE E DIABETES TIPO 2 É uma doença comum, e tende a se manifestar em mulheres, pessoas idosas e obesas,

OSTEOARTRITE E DIABETES TIPO 2 É uma doença comum, e tende a se manifestar em mulheres, pessoas idosas e obesas,

Conheça Alimentos que Auxiliam na Redução do Colesterol Alto » Artigos » Guloso e Saudável

Alimentos que Auxiliam na Redução do Colesterol Alto

Conheça Alimentos que Auxiliam na Redução do Colesterol Alto » Artigos » Guloso e Saudável

DIABETES TIPO 2. VOCÊ ESTÁ EM RISCO?         Do ponto de vista médico, um “fator de risco” é definido como qualquer situação que aumente a probabilidade de uma pessoa contrair uma doença ou desenvolver um problema de saúde. Até o momento, não se sabe exatamente porque algumas pessoas desenvolvem diabetes tipo 2, e outras não.

DIABETES TIPO 2. VOCÊ ESTÁ EM RISCO? Do ponto de vista médico, um “fator de risco” é definido como qualquer situação que aumente a probabilidade de uma pessoa contrair uma doença ou desenvolver um problema de saúde. Até o momento, não se sabe exatamente porque algumas pessoas desenvolvem diabetes tipo 2, e outras não.

DIABETES E ATEROSCLEROSE | O Diabetes Mellitus afeta mais de 100 milhões de pessoas no mundo todo. Esta doença interfere na metabolização de carboidratos no organismo, sendo... http://blogbr.diabetv.com/diabetes-e-aterosclerose/

DIABETES E ATEROSCLEROSE | O Diabetes Mellitus afeta mais de 100 milhões de pessoas no mundo todo. Esta doença interfere na metabolização de carboidratos no organismo, sendo... http://blogbr.diabetv.com/diabetes-e-aterosclerose/

ALZHEIMER E DIABETES TIPO 2.     O diabetes tipo 2 é um fator de risco no desenvolvimento da doença de Alzheimer. A ligação entre essas duas doenças é clara, no entanto, não existe essa relação com diabetes tipo 1. Alguns relatórios indicam que, quando comparado a pessoas que não têm diabetes tipo 2, aqueles que são portadores dessa condição tem o dobro do risco de desenvolver a doença de Alzheimer .

ALZHEIMER E DIABETES TIPO 2. O diabetes tipo 2 é um fator de risco no desenvolvimento da doença de Alzheimer. A ligação entre essas duas doenças é clara, no entanto, não existe essa relação com diabetes tipo 1. Alguns relatórios indicam que, quando comparado a pessoas que não têm diabetes tipo 2, aqueles que são portadores dessa condição tem o dobro do risco de desenvolver a doença de Alzheimer .

DEPOIMENTO: Fabiana Couto!!!:)

DEPOIMENTO: Fabiana Couto!!!:)

A LIGAÇÃO ENTRE DIABETES E AVC (Acidente Vascular Cerebral) A maioria das pessoas com diabetes não está ciente do risco que apresenta para desenvolver uma doença cardiovascular. O risco de doença cardíaca é o dobro comparado àqueles que não têm de diabetes, e 6 em cada 10 pessoas com diabetes morrem de Ataque Cardíaco ou Acidente Vascular Cerebral.

A LIGAÇÃO ENTRE DIABETES E AVC (Acidente Vascular Cerebral) A maioria das pessoas com diabetes não está ciente do risco que apresenta para desenvolver uma doença cardiovascular. O risco de doença cardíaca é o dobro comparado àqueles que não têm de diabetes, e 6 em cada 10 pessoas com diabetes morrem de Ataque Cardíaco ou Acidente Vascular Cerebral.

POST

POST

DICAS PARA SE EXERCITAR COM DIABETES TIPO 1 O atleta de fim de semana, o corredor da manhã, e aquele que caminha no parque são apenas alguns exemplos de pessoas que se exercitam regularmente com diabetes tipo 1. Se exercitar e permanecer fisicamente ativo são fatores importantes para a saúde geral do corpo humano.

DICAS PARA SE EXERCITAR COM DIABETES TIPO 1 O atleta de fim de semana, o corredor da manhã, e aquele que caminha no parque são apenas alguns exemplos de pessoas que se exercitam regularmente com diabetes tipo 1. Se exercitar e permanecer fisicamente ativo são fatores importantes para a saúde geral do corpo humano.

DIABETES E A REDUÇÃO NO CONSUMO DE SAL -  Dietas ricas em sódio têm tornado os seres humanos insensíveis aos sabores naturais dos alimentos, e chegamos a um ponto em que os alimentos sem sal já não são considerados agradáveis e gostosos pelas papilas gustativas. Todos podem se beneficiar com um corte na quantidade de sal em sua dieta, e isso é especialmente verdadeiro para quem tem diabetes.

DIABETES E A REDUÇÃO NO CONSUMO DE SAL - Dietas ricas em sódio têm tornado os seres humanos insensíveis aos sabores naturais dos alimentos, e chegamos a um ponto em que os alimentos sem sal já não são considerados agradáveis e gostosos pelas papilas gustativas. Todos podem se beneficiar com um corte na quantidade de sal em sua dieta, e isso é especialmente verdadeiro para quem tem diabetes.

Pinterest
Pesquisar