Explore Meu Avô, Mangueira e muito mais!

Explorar tópicos relacionados

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: COMENDO PAPAGAIO IV Enquanto meu avô mirava os bichos no galho da mangueira, meu coração batia acelerado. Eu nunca havia ouvido o barulho do tiro de uma espingarda calibre dezesseis, mas sabia que deveria fazer um estrondo medonho. Renoca e eu, ficamos escondidos olhando nosso avô caçar, bem atrás de uma castanheira do Pará...

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: COMENDO PAPAGAIO IV Enquanto meu avô mirava os bichos no galho da mangueira, meu coração batia acelerado. Eu nunca havia ouvido o barulho do tiro de uma espingarda calibre dezesseis, mas sabia que deveria fazer um estrondo medonho. Renoca e eu, ficamos escondidos olhando nosso avô caçar, bem atrás de uma castanheira do Pará...

Pinturas Pitorescas: RUGENDAS, Johann Moritz. CHASSE DANS UNE FORÊT VIERGE. Domínio Público.

"A vegetação da floresta virgem é de beleza e vigor incomparáveis. Nela se circula sem dificuldade, em geral através das altas matas que n...

Pão de Açúcar , Rio de Janeiro , Brasil. Fonte : www.misstraveltips.com

Rio de Janeiro Rio de Janeiro (frequentemente referida simplesmente como Rio) é um município brasileiro, capital do estado homônimo, situado no Sudeste do país.Possui uma população de aproximadamente...

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: A MORDIDA DA PIRANHA Isso só acontece na mata, em rio de água preta e barrenta, essas pestes estão pra todo canto, lá então aquelazinha, tu não acredita! Um dia meu avô me mandou vê malhadeira. Eu morria de medo de ter que andar num casquinho do tamanho de uma moto, até o peso do pensamento fazia ele virar. Meu avô, que adorava me torturar, me mandou de manhã cedo, seis horas

Isso só acontece na mata, em rio de água preta e barrenta, essas pestes estão pra todo canto, lá então aquelazinha, tu não acredita! Um di...

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: OS BEZERROS CAVALOS Meu avô, incumbiu-nos de prender o gado todos os dias, coloca-los no curral, e isso é tarefa que se faz de segunda a segunda, prende-se eles à tardinha e solta-os de manhã cedinho. Ele queria que começássemos a aprender viver e fazer as coisas que todo caboclo faz, inclusive tirar leite das vacas, o que muito me aterrorizou, nunca havia pegado nem numa corda, que dirá ter que laçar uma vaca brava para trazê-la pra dentro do curral...

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: OS BEZERROS CAVALOS Meu avô, incumbiu-nos de prender o gado todos os dias, coloca-los no curral, e isso é tarefa que se faz de segunda a segunda, prende-se eles à tardinha e solta-os de manhã cedinho. Ele queria que começássemos a aprender viver e fazer as coisas que todo caboclo faz, inclusive tirar leite das vacas, o que muito me aterrorizou, nunca havia pegado nem numa corda, que dirá ter que laçar uma vaca brava para trazê-la pra dentro do curral...

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: COMENDO PAPAGAIO V  ...O cartucho tava mal socado, o chumbo espalhou, e mesmo com os milhares papagaios, periquitos, curicas e araras, meu avô errou o tiro. Eu e meu irmão até corremos de medo, quando meu avô errava, o primeiro que aparecesse na frente dele apanhava...

Por que os papagaios falam? - Mundo Estranho

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: O TUCUNARÉ AÇU GIGANTE Meu irmão sempre fora melhor do que eu em tudo, ou pelo menos, quase tudo…Ele não tinha medo. Roçava campo. Pescava. Prendia o gado. Parecia ter sido feito pra a selva. Era a paixão de meu avô. Os dois pareciam pai e filho. Eu no entanto, mal conseguia rezar, e morria de medo das vacas. Elas tem chifres, e quando tem filhos, elas são capazes de derrubar uma árvore com a testa...

Meu irmão sempre fora melhor do que eu em tudo, ou pelo menos, quase tudo…Ele não tinha medo de nada. Roçava campo. Pescava. ...

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: COMENDO PAPAGAIO II Eu nem imagina que tipo de ave meu avô estava querendo atirar. Achei que fosse Juruti, uma espécie de bombo silvestre que há em abundância no Moura, ou então, Galega, uma outra espécie de bombo silvestre. Fiquei ansiosa esperando dá cinco horas da tarde, lá no Moura nesse horário, é uma maravilha...

O papagaio (também conhecido como louro) é uma das muitas aves pertencentes à ordem dos Psitaciformes , família Psittacidae; v...

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: COMENDO PAPAGAIO III  Meu avô caminhou para os fundos da casa, na realidade uma fazenda, a mangueira que ele iria ficar tocaiando os pássaros, ficava a mais ou menos um quilômetro da casa, na beirada de uma cabeceira que passava por trás de casa. Era uma cabeceira enorme, que passava pelo meio  do campo e adentrava a mata...

A VOZ DA SELVA AMAZÔNICA: COMENDO PAPAGAIO III Meu avô caminhou para os fundos da casa, na realidade uma fazenda, a mangueira que ele iria ficar tocaiando os pássaros, ficava a mais ou menos um quilômetro da casa, na beirada de uma cabeceira que passava por trás de casa. Era uma cabeceira enorme, que passava pelo meio do campo e adentrava a mata...

Pinterest
Pesquisar