Pinterest • O catálogo de ideias do mundo todo

Explore essas ideias e muito mais!

Green Valley, de Camboriú (SC), desenvolveu um chinelo de folha de bananeira com alças de látex.O chinelo é resultado de vários anos de trabalho e parceria coma comunidade de bananicultoras da cidade de Corupá (SC). Além disso, as tiras do chinelo são feitas de látex biodegradável produzido no Acre e no Amazonas, por famílias ribeirinhas, com tecnologia desenvolvida pela Universidade de Brasília.

Empresa taiwanesas Far Eastern New Century Corp acaba de montar uma unidade de produção que vai explorar a inovação Colordry. Uma tecnologia que, segundo Mark Parker, CEO da Nike, é uma "revolução industrial". Tecnologia permite o tingimento dos têxteis a seco, economizando a utilização de 30 litros de água para uma única t-shirt e redução de 40% em energia e a eliminação do emprego de produtos químicos utilizados costumeiramente na etapa da tintura dos tecidos.

Osenhaus pesquisa novos processos de reciclagem e cria sapatos com materiais super alterativos como telas recicladas de aparelhos de televisão. A marca também apóia a ONG Peta em iniciativas contra abusos em animais.

Simple Shoes - norte-americana fabrica produtos 100% sustentáveis. São estofamentos, fibras de bambu, plástico, pneus, algodão orgânico, cânhamo, papel reciclado, borracha natural, rolhas de cortiça, coco e couro reciclado. Ela fabrica tênis feitos de algodão orgânico, com sola de pneu reciclado e cadarços de garrafa PET reciclada. As caixas são de papel reciclado, com tinta de impressão a base de soja e cola de látex natural.

Moschino em parceria com a Kartell (empresa de objetos de decoração), criou uma sapatilha de plástico 100% reciclado.

Colin Lin, uma designer de calçados de Taiwan, já vendeu mais de 4 mil pares de sapatos confeccionados a partir da tramas de jornal reciclados, são forrados com algodão, tem um solado de borracha, e resistente à tempos umidos: o jornal, depois de trançado, recebe um banho de plástico, que além de dar um brilho leve e melhor acabamento, protege e garante uma vida longa ao par de sapatos.

Criatividade com casca e folha seca de bananeira

arranjo feito com folhas esqueletizadas e o cachepô coberto com embira de bananeira

A Bio Way, da Free Way - sapato 100% sustentável! As inovações estão no couro do sapato (curtido com adstringente biodegradável encontrado em casca de árvores), no solado (feito de latex extraído dos seringais brasileiros e leva apenas cinco anos para se degradar na natureza), na cola a base de água, nos cadarços e na linha (os dois de algodão orgânico). Receberam um certificado do Greenpeace de sustentabilidade e é comercializada nas lojas da ONG.

"Para produzir 1 kg de carne, são gastos até 9 kg de grãos e 15 mil litros de água", alerta Marly Winckler, presidente da Sociedade Vegetariana Brasileira. Um relatório da ONU para Agricultura e Alimentação (FAO, sigla em inglês), a pecuária é responsável por 18% das emissões de gases de efeito estufa. Um dia da semana sem carne equivale a diminuir em 5% sua pegada ecológica, que é todo o impacto gerado pelo estilo de vida dela no meio ambiente. Compense com grãos e folhas verde escuras