Explore Janelas, Olhos e muito mais!

manuscritos

manuscritos

"Vou-me Embora pra Pasárgada  Vou-me embora pra Pasárgada  Lá sou amigo do rei  Lá tenho a mulher que eu quero  Na cama que escolherei  Vou-me embora pra Pasárgada    Vou-me embora pra Pasárgada  Aqui eu não sou feliz  Lá a existência é uma aventura  De tal modo inconseqüente  Que Joana a Louca de Espanha  Rainha falsa e demente  Vem a ser contraparente  Da nora que nunca tive    E como farei ginástica  Andarei de bicicleta  ...

"Vou-me Embora pra Pasárgada Vou-me embora pra Pasárgada Lá sou amigo do rei Lá tenho a mulher que eu quero Na cama que escolherei Vou-me embora pra Pasárgada Vou-me embora pra Pasárgada Aqui eu não sou feliz Lá a existência é uma aventura De tal modo inconseqüente Que Joana a Louca de Espanha Rainha falsa e demente Vem a ser contraparente Da nora que nunca tive E como farei ginástica Andarei de bicicleta ...

o olhar e o manuscrito

o olhar e o manuscrito

manuscritos

manuscritos

manuscritos

manuscritos

manuscritos

manuscritos

"Felicidade, Quem é você?   A resposta está no coração de cada um. Oi! muito prazer. Meu nome é felicidade, faço parte da vida daqueles que têm amigos, pois ter amigos é ser feliz. Faço parte da vida daqueles que vivem cercados de pessoas como você, pois viver assim é ser feliz.  Faço parte da vida daqueles que acreditam que ontem é passado, amanhã é futuro e hoje é uma dádiva, por isso é chamado presente. Faço parte da vida daqueles que acreditam na força do amor; que >>>

"Felicidade, Quem é você? A resposta está no coração de cada um. Oi! muito prazer. Meu nome é felicidade, faço parte da vida daqueles que têm amigos, pois ter amigos é ser feliz. Faço parte da vida daqueles que vivem cercados de pessoas como você, pois viver assim é ser feliz. Faço parte da vida daqueles que acreditam que ontem é passado, amanhã é futuro e hoje é uma dádiva, por isso é chamado presente. Faço parte da vida daqueles que acreditam na força do amor; que >>>

manuscritos

manuscritos

"Realidade  Por causa de um livro  vieste ao meu encontro.  Era Verão, não sabias de nada  nem isso interessava. Palavras  amavam-se fora de ti,  no atropelo das emoções.  Lá chegaria a primeira vez,  o encontro apressado num lugar  público. Desfeito o erro  ao toque da pele, não sei  se havia medo, a paixão queria-me  no lugar exato do teu coração.  >>> segue...

"Realidade Por causa de um livro vieste ao meu encontro. Era Verão, não sabias de nada nem isso interessava. Palavras amavam-se fora de ti, no atropelo das emoções. Lá chegaria a primeira vez, o encontro apressado num lugar público. Desfeito o erro ao toque da pele, não sei se havia medo, a paixão queria-me no lugar exato do teu coração. >>> segue...

"O Tempo Vive   O tempo vive, quando os homens, nele,   se esquecem de si mesmos,   ficando, embora, a contemplar o estreme   reduto de estar sendo.   O tempo vive a refrescar a sede   dos animais e do vento,   quando a estrutura estremece   a dura escuridão que, desde dentro,   irrompe. E fica com o uivo agreste   espantando o seu estrondo de silêncio." Fernando Echevarría >>>... segue no blog

"O Tempo Vive O tempo vive, quando os homens, nele, se esquecem de si mesmos, ficando, embora, a contemplar o estreme reduto de estar sendo. O tempo vive a refrescar a sede dos animais e do vento, quando a estrutura estremece a dura escuridão que, desde dentro, irrompe. E fica com o uivo agreste espantando o seu estrondo de silêncio." Fernando Echevarría >>>... segue no blog

Pinterest
Pesquisar